29.3 C
Rio Branco
17 junho 2022 6:16 pm

Perícia da PF confirma que restos mortais encontrados na Amazônia são do jornalista Dom Phillips

Resultado foi obtido após exame de arcada dentária feito pelo Instituto Nacional de Criminalística da Polícia Federal nesta sexta-feira (17). Análise de material de Bruno Pereira ainda não foi divulgada

POR G1

Última atualização em 17/06/2022 18:16

A Polícia Federal confirmou que os restos mortais encontrados na Amazônia na última quarta-feira (15) são do jornalista inglês Dom Phillips. O resultado foi obtido a partir de análise da arcada dentária (leia íntegra da nota abaixo). A perícia deve confirmar ainda nesta sexta-feira (17) a identificação dos restos mortais do indigenista Bruno Araújo Pereira.

 

“A confirmação foi feita com base no exame de Odontologia Legal combinado com a Antropologia Forense. Encontram-se em curso os trabalhos para completa identificação dos remanescentes para a compreensão das causas das mortes, assim como para indicação da dinâmica do crime e ocultação dos corpos”, informou a PF.

Dom e Bruno estavam desaparecidos desde 5 de junho, enquanto faziam uma viagem na terra indígena do Vale do Javari (AM). Duas pessoas foram presas por envolvimento no crime (relembre abaixo). O material chegou para análise no Instituto Nacional de Criminalística, em Brasília, na noite de quinta-feira (16).

Em nota divulgada nesta sexta, a PF também informou que as investigações apontam que não houve mandante ou organização criminosa envolvida no crime. Segundo o texto, a apuração continua e novas prisões podem ocorrer, mas o inquérito aponta “que os executores agiram sozinhos”.

 

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.017 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.