18.3 C
Rio Branco
11 agosto 2022 8:54 am

Gladson é elogiado na Aleac após reajustar diárias de servidores: “O PT não pagava nem salário”

"O Governador recebe diárias quando está em serviço, não merece crítica, agora o que merece ser questionado é o ex-governador Jorge Viana que recebe pensão sem trabalhar", disse Gehlen

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 05/07/2022 11:53

O governador Gladson Cameli (PP) anunciou na última sexta-feira (1) o aumento do valor da diária para os servidores estaduais. A tabela com os novos valores das diárias foi publicada no Diário Oficial ainda na sexta-feira.

O valor da diária é divido em cinco classes e vai de R$ 150,75 até R$ 576,50 para viagens dentro do estado e de R$ 322,90 até R$ 1.732,60 em viagens para fora do Acre.

Gehlen Diniz. Foto: Ascom

Os valores foram questionado pelo deputado Daniel Zen (PT), durante a sessão da Assembleia Legislativa desta terça-feira (5). Zen questionou, principalmente, o valor da diária do governador, que passou de R$ 576,50 para R$ 1.732,60.

“A do servidor comum continua uma miséria, mas a do governador custará mais de 1 salário e meio”, pontuou o petista.

Ao discursar em seguida, o deputado Gehlen Diniz (PP) saiu em defesa do governador, criticando os governos anteriores, do partido do colega de parlamento, o PT.

“O Governo anterior era da Frente Popular e não fez, agora o atual governo reajusta e é criticado por isso? Não merece críticas e sim elogios. O Governo passado não pagava nem salário, quanto mais reajustar diária”, disse.

Sobre o valor recebido por Gladson, Gehlen não só defendeu, como alfinetou mais uma vez o partido de Daniel Zen. “O Governador recebe diárias quando está em serviço, não merece crítica, agora o que merece ser questionado é o ex-governador Jorge Viana que recebe pensão sem trabalhar”.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.