31.3 C
Rio Branco
7 agosto 2022 2:22 pm

Veja imagem mais profunda do universo até agora

POR NASA

Última atualização em 12/07/2022 07:52

O Telescópio Espacial James Webb da NASA produziu a imagem infravermelha mais profunda e nítida do universo distante até hoje.

Conhecida como o Primeiro Campo Profundo de Webb, esta imagem do aglomerado de galáxias SMACS 0723 está repleta de detalhes.

Milhares de galáxias – incluindo os objetos mais fracos já observados no infravermelho – apareceram na visão de Webb pela primeira vez.

Esta fatia do vasto universo cobre um pedaço de céu aproximadamente do tamanho de um grão de areia mantido à distância de um braço por alguém no chão.

Este campo profundo, obtido pela Near-Infrared Camera (NIRCam) da Webb, é uma composição feita a partir de imagens em diferentes comprimentos de onda, totalizando 12,5 horas – alcançando profundidades em comprimentos de onda infravermelhos além dos campos mais profundos do Telescópio Espacial Hubble, o que levou semanas.

A imagem mostra o aglomerado de galáxias SMACS 0723 como apareceu há 4,6 bilhões de anos.

A massa combinada deste aglomerado de galáxias atua como uma lente gravitacional, ampliando galáxias muito mais distantes atrás dele.

O NIRCam de Webb trouxe essas galáxias distantes para um foco nítido – elas têm estruturas minúsculas e fracas que nunca foram vistas antes, incluindo aglomerados de estrelas e características difusas.

Em breve, os pesquisadores começarão a aprender mais sobre as massas, idades, histórias e composições das galáxias, à medida que Webb procura as primeiras galáxias do universo.

Esta imagem está entre as primeiras imagens coloridas do telescópio.

A suíte completa será lançada na terça-feira, 12 de julho, a partir das 10h30 EDT, durante uma transmissão ao vivo da NASA na TV.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.