20.3 C
Rio Branco
12 agosto 2022 1:40 am
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Polícia tenta localizar suspeito de matar ex-companheira e jogar o corpo em lixão

Maria de Fátima Silva Pires foi achada morta com uma perfuração na cabeça. Izadiel Barbara da Silva, conhecido como Poca, é considerado foragido pelo crime de feminicídio

POR G1

A Polícia Civil tenta localizar o suspeito de matar uma mulher e jogar o corpo no antigo lixão de Monte Negro (RO). Izadiel Barbara da Silva, conhecido como Poca, teria assassinado Maria de Fátima Silva Pires depois de terminar um relacionamento com ela.

De acordo com a polícia, as investigações do caso apontaram que ele saiu da cidade após o crime, passou por Jaru (RO) e depois teria se deslocado até a zona rural de Cujubim (RO).

Nesta terça-feira (2) foi deflagrada a Operação Marias, com objetivo de prender o suspeito, mas ele não foi localizado e é considerado foragido.

A Polícia Civil divulgou as imagens do homem e pediu ajuda da população para identificar onde ele se encontra. As informações podem ser repassadas anonimamente para os números: 197 ou 190.

O crime

Maria de Fátima Silva Pires foi achada morta no antigo lixão da cidade de Monte Negro (RO), na terça-feira (17), no Vale do Jamari. De acordo com a perícia, Maria tinha uma perfuração na cabeça.

O corpo da mulher, já em estado de decomposição, foi encontrado pelo motorista da prefeitura. O funcionário tinha ido até o local para depositar entulho, momento que notou uma pessoa morta.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.