18 de junho de 2024

Na Ponta da Língua: o pior secretário de Gladson tem nome, sobrenome e patente alta

Secretário de Justiça e Segurança Pública, Américo Gaia. Foto: Dhárcules Pinheiro

O governo do Estado já tem um histórico e uma lista conhecida de péssimos ex-secretários de Segurança Pública. Porém, o atual, coronel Américo Gaia se superou. Dispara entre os piores gestores da pasta dos últimos governos. Não dá explicação sobre problemas, não falou nada com nada sobre as causas da rebelião que matou 5 detentos e feriu agentes no Presídio de Segurança Máxima e nem esclareceu como detentos tiveram acesso às armas em um local que deveria ter segurança redobrada.

Não vou não, obrigado!

Além disso, Gaia tem uma relação horrorosa com a imprensa e com Poder Legislativo. Na última semana, ele foi convidado a participar da Audiência Pública da Câmara Municipal de Rio Branco que tratou sobre a Segurança Pública na capital. Ele não compareceu ao evento. A assessoria da Sejusp informou que o secretário estava cumprindo agenda em Cruzeiro do Sul e que os convites para audiências são enviados “um dia antes” ou “no próprio dia”, por isso a ausência na reunião. Será mesmo?

Sem pulso

Na mesma audiência, um taxista relatou que ele e seus colegas de profissão precisam pagar mensalidade para facções criminosas, para poder trabalhar com segurança nas ruas. Prova concreta de que nem Gaia, nem a Segurança Pública do Estado tem pulso forte para enfrentar as organizações criminosas.

“Sob controle”

Em entrevista ao ContilNet, o secretário ainda teve a audácia de dizer que a Segurança Pública está “sob controle” do Estado. Como Gaia explica as duas fugas de detentos em menos de uma semana em presídios acreanos? A questão é: até quando o governador irá segurar a barra da falta de gestão do coronel?

Ataque à democracia

Todo e qualquer parlamentar que receba ameaças no exercício do seu trabalho é claramente um ataque à democracia. Não é somente um ataque individual. O episódio envolvendo a deputada Michelle Melo precisa ser esclarecido urgentemente.

Um progressista nato

O governador Gladson Cameli acertou e muito ao disponibilizar a equipe de inteligência da Polícia Civil para investigar e solucionar o caso das ameaças a sua ex-líder na Aleac. Cameli garantiu que o culpado será encontrado e deu um recado conciso: “Ela é uma parlamentar, eleita pelo povo e merece respeito”.

Fake News

O que um veículo de mídia fez com a secretária de Comunicação Nayara Lessa é um ataque. Tirar um vídeo totalmente fora de contexto para tentar manchar a imagem de uma profissional ímpar, é acima de tudo criminoso. Quem conhece a secretária sabe que jamais ela iria rir ou debochar de uma situação envolvendo ataques à uma parlamentar ou qualquer outra mulher em um cargo de poder. O caso precisa urgentemente ser judicializado e serve para lembrar do papel responsável que o jornalismo precisa cumprir.

Tudo ao alcance

É evidente os esforços do governo do Estado em sanar o problema dos moradores despejados da ocupação Terra Prometida. Além do aluguel social, o Estado tentou entrar em um acordo com os moradores para garantir a construção de moradias no Minha Casa Minha Vida. O que foi negado pelo grupo.

Marielle Franco

Prova disso é a saída encontrada pelo governo em relação à outra ocupação. Nesta semana, o Executivo conseguiu aprovar na Assembleia Legislativa do Acre, o Projeto de Lei, a doação do terreno que abriga a comunidade Marielle Franco, para à Associação Esperança de Um Novo Milênio. A ideia do governo é construir habitações de interesse social.

Tudo do governo federal

A iniciativa foi elogiada até pelo líder da oposição na Casa, deputado Edvaldo Magalhães, que lembrou que o recurso para a construção das mais de 200 casas, vem diretamente do governo federal.

“O governo do Estado está entrando com a doação da área e eles vão construir. O governo poderia se espelhar nesta experiência e resolver o problema do ‘Terra Prometida’. Destaco a atitude do governo de mandar essa proposta e fico aguardando enviar da outra área de terra”, enfatizou Magalhães.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost