20 de fevereiro de 2024

Após denúncia e perseguição, polícia captura foragido da justiça que estava armado

Diante dos fatos, o homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Flagrantes (DEFLA)

Militares do Segundo Batalhão, sobe o comando do tenente-coronel da PM, Felipe Russo, intensificaram as ações de fiscalização contra as facções criminosas, desde o dia 3 de novembro, quando em uma troca de tiros no bairro Taquari, Segundo Distrito de Rio Branco, seis pessoas envolvidas com o crime perderam a vida.

Na madrugada deste sábado (25), militares realizavam um patrulhamento de rotina na Travessa Morada do Sol, quando foram abordados por um transeunte, informando que naquela localidade havia uma pessoa que seria foragida da justiça e que estaria em posse de arma de fogo. De pronto, a guarnição solicitou apoio dos militares do Tático do 2º Batalhão, que se deslocaram até a Travessa da Felicidade.

A arma estava com o foragido/Foto: Reprodução

Ao chegarem ao local, foi constatada a veracidade das informações. O homem que possuía mandado de prisão em aberto em seu desfavor foi identificado como Denilson Araújo da Silva, de 26 anos, vulgo Jabá. Ao avistar as guarnições, Jabá empreendeu fuga, tentando se esconder dentro de uma residência, porém, foi alcançado e detido pelos policiais.

Na consulta via centro de operações da Polícia Militar (COPOM), foi confirmado que contra Denilson constava dous mandados de prisão preventiva em seu desfavor. Com o acusado, a polícia encontrou uma arma de fogo tipo espingarda Gauge 12, com 14 cartuchos 12 e um cartucho 28, todos intactos. Ele informou que a arma seria de sua propriedade e que usava para se defender de faccionados rivais.

Diante dos fatos, o homem recebeu voz de prisão e foi encaminhado para a Delegacia de Flagrantes (DEFLA), juntamente com a arma apreendida. Foi entregue à autoridade policial e agora permanece à disposição da justiça.

PUBLICIDADE