21 de fevereiro de 2024

Marina cancela vinda ao Acre para reabertura da casa de Chico Mendes; Mailza representa o Governo

Ministra Margareth Menezes, que também estava cotada, não confirmou presença

Marina Silva, ministra do Meio Ambiente e Mudança do Clima, cancelou sua vinda para Xapuri nesta sexta-feira (10), quando participaria da reabertura da casa de Chico Mendes.

Quem também estava cotada para participar do evento – mesmo não confirmando presença – era a ministra da Cultura, Margareth Menezes. A presença de Marina foi confirmada nesta quinta-feira (9), pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

Casa estava fechada há 4 anos e será reaberta nesta sexta-feira. Foto: Matheus Mello/ContilNet

O presidente do Iphan, Leandro Gross, e a vice-gorvenadora, Mailza Assis, vão compor a cerimônia de reabertura do patrimônio, representando os governos estadual e federal, respectivamente. O governador Gladson Cameli cumpre agenda em Manaus, onde participa do 26º Fórum do Consórcio da Amazônia Legal.

O evento ocorre a partir das 10h, na Rua Batista de Moraes, endereço histórico da casa que abrigou o ambientalista. Chico é uma referência viva até hoje, sendo nome de lutas e organizaçãos como o Comitê Chico Mendes, fundado no dia do seu assassinato.

Em 15 de maio de 2008, a casa foi tombada através de pedidos de entidades ligadas aos seringueiros e povos indígenas. O local já tinha sido tombado como patrimônio histórico do Estado do Acre. O decreto foi assinado em 2006, no Dia da Amazônia, pelo então governador Jorge Viana em cerimônia realizada no Palácio Rio Branco com a presença de autoridades e ativistas ambientais.

__________

Matéria escrita sob supervisão do editor-chefe do site, Everton Damasceno.

PUBLICIDADE