20 de abril de 2024

Bolsonaro explica envio de R$ 800 mil aos Estados Unidos

Bolsonaro disse que a decisão foi resultado de “dúvidas” quanto à política e à economia do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT)

O ex-presidente Jair Bolsonaro (PL) explicou o envio de R$ 800 mil aos Estados Unidos (EUA). Em um vídeo compartilhado nas redes sociais, ele disse que a transferência não é crime e detalhou que foi resultado de “dúvidas” quanto à política e à economia do governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Bolsonaro afirmou que o câmbio ocorreu entre uma conta do Banco do Brasil para o BB América. “Ou seja, o dinheiro continuou em um banco brasileiro”, explicou.

“Queria dizer à nossa querida Polícia Federal que o último país do mundo onde um golpista, [ou] ditador, enviaria recursos seriam os Estados Unidos porque é um país democrata, que respeita tratados”, disse Bolsonaro em vídeo publicado nas redes sociais.

Como mostrou a coluna Radar, da Veja, a quebra de sigilo das contas de Bolsonaro revelou o repasse da quantia.

No entendimento da Polícia Federal (PF), a transferência teve como finalidade “assegurar sua permanência no exterior, possivelmente, aguardando o desfecho da tentativa de golpe de Estado que estava em andamento”.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost