21 de abril de 2024

Homem alcoolizado ameaça equipe de socorristas do Samu durante atendimento na capital

Ele cuspiu numa enfermeira

Uma tarde que começou com descontração terminou em violência e caos na Vila Betel 2, neste domingo (25), quando Sidney Fernandes Vitório, 45 anos, foi vítima de uma brutal agressão.

De acordo com relatos de testemunhas, Sidney estava envolvido em uma bebedeira com outros indivíduos quando um desentendimento ocorreu, resultando em ataques físicos. Testemunhas afirmam que a vítima, visivelmente alterada pelo consumo de álcool, foi golpeada duas vezes, atingindo seu braço esquerdo e sua cabeça, por agressores não identificados. Após o ataque, os suspeitos fugiram do local, deixando Sidney gravemente ferido e desacordado.

Equipe médica foi vítima de violência verbal pelo paciente/Foto: ContilNet

Ao passarem pela cena do crime, transeuntes notaram Sidney caído e ensanguentado, prontamente acionando o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). A equipe de suporte básico chegou rapidamente e iniciou os procedimentos de socorro. Diante da gravidade dos ferimentos, foi solicitado o apoio de uma ambulância de suporte avançado.

Durante o transporte para o Pronto Socorro de Rio Branco, Sidney, ainda sob os efeitos do álcool, tornou-se agressivo e ameaçador com os socorristas, recusando-se a cooperar com o preenchimento da ficha de atendimento. No momento da entrega à equipe médica, dentro da sala de curativos, ele proferiu insultos e cuspiu no rosto de uma enfermeira.

Homem foi visto transtornado após receber atendimento médico/Foto: ContilNet

Mesmo na presença das autoridades policiais, Sidney não hesitou em usar palavras ofensivas. Após deixar o hospital, ele foi visto caminhando pela avenida Nações Unidas, com o braço ferido e sangrando, em um estado visivelmente transtornado.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost