18 de abril de 2024

Lidando com o dinheiro: desafios e oportunidades para as novas gerações; confira na coluna Dose Financeira

Essa semana fui no autoatendimento de um supermercado e presenciei a cena de um pai entregando o cartão dele ao filho que deveria ter 10 anos de idade para passar o cartão na maquininha através de toque para efetuar o pagamento. Fiquei pensando como será o comportamento financeiro desse filho que esta aprendendo que é só passar um pedaço de plástico no caixa e levar o que quiser.

As novas gerações, nascidas em um mundo cada vez mais digital, enfrentam desafios e oportunidades singulares quando se trata de lidar com o dinheiro. A ascensão de meios de pagamento digitais, como cartões de crédito e aplicativos de pagamento, redefine a forma como as pessoas gerenciam suas finanças.

As novas gerações, nascidas em um mundo cada vez mais digital, enfrentam desafios e oportunidades singulares/Foto: Reprodução

Pontos positivos:

Maior praticidade e conveniência: Os pagamentos digitais são rápidos, fáceis e podem ser feitos em qualquer lugar, a qualquer hora. Isso simplifica o processo de compra e elimina a necessidade de carregar dinheiro em espécie.

Controle e acompanhamento: Diversos aplicativos oferecem ferramentas para acompanhar gastos, categorizar transações e criar orçamentos. Isso facilita a gestão financeira e ajuda a evitar o endividamento.

Segurança: Os pagamentos digitais geralmente são mais seguros do que o dinheiro em espécie, pois há menor risco de perda ou roubo. Além disso, muitos aplicativos oferecem medidas de segurança adicionais, como autenticação biométrica.

Educação financeira: A gamificação e recursos visuais presentes em alguns aplicativos de pagamento podem tornar a educação financeira mais atraente e acessível para as novas gerações.

Pontos negativos:

Falta de percepção do valor do dinheiro: O uso de cartões de crédito e aplicativos pode dificultar a percepção do valor real das compras, pois não há a sensação física de entregar dinheiro. Isso pode levar a gastos impulsivos e descontrole financeiro.

Endividamento: A facilidade de acesso ao crédito pode levar ao endividamento, especialmente se não for utilizado com responsabilidade. As novas gerações podem ser mais suscetíveis a essa armadilha, pois não tiveram a mesma experiência com dinheiro físico que as gerações anteriores.

Segurança cibernética: Os pagamentos digitais podem ser alvos de ataques cibernéticos, como phishing e malware. É importante estar atento aos riscos e tomar medidas para proteger seus dados e informações financeiras.

Exclusão social: Nem todas as pessoas têm acesso a smartphones ou internet, o que pode excluí-las do sistema de pagamentos digitais. Isso pode criar desigualdades sociais e dificultar o acesso a bens e serviços.

As novas gerações têm a oportunidade de usar a tecnologia a seu favor para lidar com o dinheiro de forma mais eficiente e responsável. No entanto, é importante estar atento aos riscos e desafios que acompanham os pagamentos digitais. A educação financeira é fundamental para que as novas gerações utilizem as ferramentas disponíveis de forma consciente e construam um futuro financeiro sólido. Para educar crianças, sugiro usar dinheiro em espécie para mostrar a ele a sensação de recurso escasso ao fazer uma compra ou ainda uma conta que ele tenha uma mesada e só possa usar pix do saldo positivo ou cartão de débito.

Para mais doses financeiras acesse www.dosefinanceira.com.br

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost