19 de abril de 2024

Povo Karipunas denuncia a presença de invasores em Terra Indígena, em Rondônia

Os cerca de 60 indígenas Karipunas, explicam que estão cercados pelos piratas da terra

Uma clareira em meio a floresta, foi o alerta para o povo Karipuna de Rondônia comprovar um desastre anunciado. Na região, que corta o município de Porto Velho (RO), os indígenas denunciam a presença de grileiros, madeireiros, de invasores. A presença dos criminosos na TI, estaria ligada com a “exploração da biodiversidade do local”. Quanto aos crimes, eles são denunciados há bastante tempo.

Os cerca de 60 indígenas Karipunas, explicam que estão cercados pelos piratas da terra, “pois, eles acabam bloqueando os únicos acessos por estrada que os levam até as cidades e distritos”. A presença dos invasores tem causado insegurança. O medo é que sejam mortos em uma emboscada. Os indígenas, inclusive falam do flagrante de ‘voadeiras’ entrando e saindo com desconhecidos. Para uma liderança, que prefere não se identificar, “o território indígena” vem sendo explorado por não indígenas”.

Povo Karipunas denuncia a presença de invasores em terra indígena/Foto: Reprodução

De acordo com a fonte, que também prefere não se mostrar, as invasões estariam concentradas na parte que fica mais ao sul da (TI). Nesta região, foi identificada a existência, inclusive de bois, o que comprova a invasão do território.

Em uma área de aproximadamente de 195 mil hectares, o território indígena do povo Karipuna está localizado entre os rios Jacy-Paraná e “seu afluente pela margem esquerda, o rio Formoso (a leste); os igarapés Fortaleza (ao norte), do Juiz e Água Azul (a oeste) e uma linha seca ao sul, ligando este último igarapé às cabeceiras do Formoso”.

Desde 2023, a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) já teria sido informada acerca das denúncias que tratam das invasões. O Ministério Público Federal (MPF) também já estaria ciente. Quanto a Funai, os Karipunas, alegam que a instituição até o presente momento, não deu qualquer tipo de resposta. Operações de combate e retirada de invasores das terras indígenas pelo país, estão ocorrendo por ordem do governo do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) em cumprimento a determinação do Supremo Tribunal Federal (STF).

Levantamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe) aponta o desaparecimento de quase 5 mil hectares de floresta, na TI Karipuna, entre os anos de 2015 e 2021. A devastação pelos invasores, foi responsável por alçar a Terra Indígena como a 9ª mais destruída, em todo o território nacional.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost