25 de maio de 2024

No Acre, 14% do efetivo da PM é formado por mulheres; taxa ultrapassa 30% na Polícia Civil

O estudo foi feito pelo Fórum Brasileiro de Segurança Pública

As mulheres têm, cada vez mais, ocupado espaços que antes eram totalmente masculinos. Segundo o Raio-X das Forças de Segurança Pública do Brasil, pesquisa do Fórum Brasileiro de Segurança Pública, as mulheres são 14,9% do efetivo da Polícia Militar do Acre, enquanto na Polícia Civil, o número é de 31,2% do efetivo total.

As mulheres são 51,5% dos 203 milhões de brasileiros, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). No cenário nacional, o efetivo feminino é de 12,8% na Polícia Militar. No Acre, a média supera a nacional e fica na porcentagem de 14,9% do efetivo, sendo o sétimo estado com maior número de mulheres na PM.

Policiais do BPTRAN acompanharam a solenidade/Foto: Joabes Guedes

O Acre tem 113 mulheres soldado, 40 cabos, 112 sargentos, 9 subtenentes, 19 tenentes, 3 major, 7 tenente-coronel, 75 aspirantes a oficial e alunos, sendo 378 mulheres no total. No Acre, não há mulheres como capitão ou coronel, segundo o estudo, que leva como base o ano de 2023.

A Polícia Militar é a instituição que possui o maior efetivo de profissionais da ativa do país, até pela sua missão constitucional de ser a responsável pelo policiamento ostensivo. Em 2023, o Acre tinha

Já no Corpo de Bombeiros, a porcentagem de mulheres no cenário nacional é maior, sendo 14,5%. No Acre, a taxa é a mesma que a nacional, sendo 2 cabos, 35 sargentos, 6 subtenentes, 13 tenentes e 53 aspirantes a oficial e alunos, somando 109 mulheres no Corpo de Bombeiros Militar do Acre (CBMAC).

Na Polícia Civil, no cenário nacional, a taxa é diferente: mulheres são 27% do efetivo. No Acre, o número também é bem maior, sendo 31,2%, sendo o sexto estado com mais mulheres na corporação.

No Acre, as mulheres ocupam os cargos na polícia civil da seguinte maneira: 7 são delegadas, 54 escrivães, 218 investigadoras/agentes, com um total de 279 em 2023.

Veja as tabelas e estudo completo:

Fonte: Fórum Brasileiro de Segurança Pública

Fonte: Fórum Brasileiro de Segurança Pública

Fonte: Fórum Brasileiro de Segurança Pública

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost