11 de junho de 2024

Golpista que se passava por delegado para pedir lanches é investigado pela polícia no Acre

Ainda não se sabe qual o objetivo do golpista ao fazer os falsos pedidos de comida para a delegacia

A Polícia Civil está investigando um golpe que atingiu pelo menos cinco donos de lanchonetes e restaurantes na cidade de Cruzeiro do Sul, no interior do Acre. O golpista fingiu ser um delegado, pediu comida para ser entregue na delegacia da cidade e convenceu uma vítima a transferir R$ 1 mil para sua conta.

O caso foi registrado e está sendo investigado/Foto: Reprodução

“Com esse perfil falso, ele entrou em contato com algumas lanchonetes e restaurantes da cidade, fazendo pedidos de lanches e um jantar. Alguns entregaram os pedidos, mas perceberam que não havia um delegado ‘Gustavo’, como ele se apresentou”, explica o delegado Lindomar Ventura, responsável pelas investigações, ao G1 Acre.

Ainda não se sabe por que o golpista fazia pedidos de comida falsos para a delegacia. Mas a situação ficou séria quando ele pediu um PIX de R$ 1 mil a um dos empresários. 

Alerta para a população

Nos últimos 11 meses, houve mais de 400 casos de estelionato em Cruzeiro do Sul, conforme Ventura.

O delegado deixou um alerta para a população evitar cair em golpes. Ele ressaltou que a vítima acreditou no golpista sem questionar, por pensar que se tratava de uma figura de autoridade. 

“Ele não verificou a fonte, fez o depósito e agora estamos tentando rastrear tanto o número quanto a conta bancária […] Preste muita atenção nesse tipo de contato, nesse tipo de pedido. Não faça depósitos assim facilmente. Procure verificar as fontes para garantir sua segurança”, conclui o delegado.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost