17 de junho de 2024

Ney Matogrosso assume uso de psicodélicos para autoconhecimento

O cantor ainda revelou que consome maconha quando tem dúvidas sobre alguma questão da vida: “Eu uso essas coisas sozinho”

Ney Matogrosso levantou uma polêmica sobre o uso de psicodélicos. O cantor, que apresentou a ayahuasca para Cazuza, nos anos 80, garantiu ter usado mais de 20 substâncias para o autoconhecimento, além de consumir maconha quando tem dúvidas sobre alguma questão da vida.

“Eu uso a maconha quando tenho algum problema que eu não estou entendendo qual é a solução para aquilo. Aí vem a solução”, explicou em entrevista para a revista Breeza.

O artista afirmou que não faz uso das drogas de forma recreativa: “Nunca usei nada pra festa, nem vou pra festa. Eu uso essas coisas sozinho, prefiro sozinho. Eu fico antissocial, não consigo conversar, sabe?”.

Aos 82 anos, Ney Matogrosso esboçou o desejo de consumir os psicodélicos até na hora da morte. “Você sabe que eu já conversei com um médico amigo meu: ‘Olha, se eu tiver morrendo bota o ácido da melhor qualidade na minha boca, e me deixe morrer”, frisou.

Marcos Hermes/Divulgação

O músico encerrou a conversa defendendo a liberdade de optar como quer chegar no fim da vida. “Me dê um bom ácido e pronto, deixa eu ir. Ué, não temos que ir? Temos que ir em algum momento”, concluiu.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost