14 de junho de 2024

Polícia resgata criança sequestrada pelo ex-companheiro da mãe; ele pelejava matá-la

A Polícia informou que o suspeito resistiu à prisão, negando qualquer ato ilícito. A equipe conseguiu resgatar a criança do interior do carro e afastá-la do local

No último final de semana a Polícia Civil do Acre conseguiu evitar um sequestro e um possível feminicídio em Rio Branco.

A operação foi conduzida pela equipe da Coordenadoria de Recursos Especiais (CORE), com apoio do Departamento de Polícia da Capital e do Interior (DPCI) e dos investigadores locais.

Tudo começou com uma denúncia feita por uma mãe na Delegacia do Bujari. No relato, a mulher disse que seu ex-companheiro havia invadido sua residência e sequestrado sua filha.

Ela denunciou ainda que o homem estava tentando marcar um encontro com ela, o que levantou sérias preocupações sobre um possível ataque violento.

Os policiais se dirigiram ao local designado pelo sequestrador para o encontro, o Terminal Urbano de Rio Branco. Após 15 minutos de espera, a mãe da criança recebeu uma ligação do suspeito e foi em direção ao carro dele. Neste momento, a polícia visualizou o veículo e imediatamente realizou a abordagem.

Homem foi preso pela Polícia Civil do Acre/Foto: Ascom

A Polícia informou que o suspeito resistiu à prisão, negando qualquer ato ilícito. A equipe conseguiu resgatar a criança do interior do carro e afastá-la do local. Durante a revista no veículo, os policiais disseram que encontraram uma arma branca do tipo peixeira, que possivelmente seria utilizada para cometer um crime contra a vida da vítima. Além disso, duas trouxinhas de substância semelhante à cocaína foram encontradas no bolso do suspeito.

“A colaboração da vítima e a eficiência da equipe policial foram cruciais para o desfecho positivo da ocorrência. Esta operação reforça a dedicação das forças de segurança em atuar com rapidez e eficácia em situações de emergência, salvaguardando a vida e a integridade das vítimas e assegurando que os responsáveis sejam levados à justiça”, disse o delegado Bruno Coelho.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost