Brasil perde para o Canadá e adia a vaga nas quartas da Liga das Nações

Com segunda derrota consecutiva na competição, Brasil ainda busca carimbar vaga na fase final da competição

Após perder para os Estados Unidos, o Brasil entrou em quadra contra o Canadá, nesta sexta-feira, com mais uma chance de conseguir uma vaga antecipada nas quartas de final da Liga das Nações masculina de vôlei. No entanto, a seleção comandada por Bernardinho sofreu novo revés. Derrota por 3 sets a 0 para o Canadá. As parciais foram 26/24, 25/19 e 26/24. São seis vitórias em onze jogos até aqui. O Brasil é o sétimo colocado da competição. Darlan foi o destaque brasileiro no jogo com 12 pontos.

Brasil x Canadá - Liga das Nações masculina — Foto: Volleyball World

Brasil x Canadá – Liga das Nações masculina — Foto: Volleyball World

O primeiro set começou bastante equilibrado. As equipes iam revezando a liderança na parcial, mas a partir do meio da disputa, o Brasil passou a perder diversas oportunidades de marcar pontos no contra-ataque. Os canadenses chegaram a abrir 23 a 19 no set. Com a entrada de Brasília e Alan, o Brasil recuperou e chegou a empatar. Mas com novos erros brasileiros, a seleção canadense fechou o primeiro set por 26 a 24. Loeppky foi o maior pontuador do primeiro set com 7 pontos, sendo quatro de ataque, dois de bloqueio e um de saque.

Darlan lamenta ponto na Liga das Nações — Foto: FIVB

Darlan lamenta ponto na Liga das Nações — Foto: FIVB

O segundo set foi marcado novamente por diversos erros de ataque da seleção brasileira. Jogando em alto nível, com a dupla Loeppky e Maar virando todas as bolas em momentos decisivos, o Canadá levou a melhor novamente fechando em 25 a 19.

No terceiro set, o Brasil conseguiu equilibrar o jogo, mas ainda muito abaixo do que vinha apresentando no campeonato. Novamente com grande atuação de Loeppky, com sete pontos, o Canadá fechou o jogo com mais um 26 a 24.

O Brasil não contou com Lukas Bergmann e Isac. Bernardinho, treinador da seleção, vem rodando o time e optou por deixar os dois de fora da lista de relacionados. Arthur Bento e Judson foram as novidades brasileiras.

O Brasil também não terá Bruninho contra o Canadá. O levantador treina com o grupo, mas ainda ficará de fora, para não colocar em risco a recuperação de um leve estiramento na panturrilha esquerda. Com isso, Brasília ganha mais uma oportunidade entre os relacionados por Bernardinho.

Formato da liga

A Liga das Nações tem dois grupos com oito equipes cada. As 16 seleções foram classificadas do 1º ao 16º lugar no ranking mundial da FIVB após o término da última edição da VNL, em julho de 2023. Na primeira fase, cada equipe joga 12 vezes, em três etapas diferentes, contra adversários igualmente fortes: três partidas contra equipes classificadas do 1º ao 4º lugar no ranking, três contra seleções classificadas do 5º ao 8º, três contra equipes classificadas do 9º ao 12º e, finalmente, três contra seleções classificadas do 13º ao 16º. Cada jogo vale pontos para a tabela classificatória.

Ao final das três rodadas, que acontecem em três semanas entre maio e junho, as sete melhores equipes e o país que sedia as finais, que este ano é a Polônia, avançam à última fase. As disputas de quartas de final, semifinais e finais serão no formato mata-mata, entre 27 e 30 de junho.

Alemanha, Brasil, Estados Unidos, Japão, Polônia, Canadá e França já garantiram vaga para Paris. São sete cotas preenchidas das 12. Ainda restam cinco, que serão definidas pelo ranking mundial no dia 24 de junho, após a primeira fase da Liga das Nações de 2024. Não há equipes africanas disputando a VNL, mas a África, ainda sem representação, terá prioridade na busca por um lugar nas Olimpíadas.

Os times participantes da VNL 2024 são: Alemanha, Argentina, Brasil, Bulgária, Canadá, Cuba, Eslovênia, Estados Unidos, França, Irã, Itália, Japão, Países Baixos (Holanda), Polônia, Sérvia e Turquia.

Calendário completo da VNL Masculina (horário de Brasília):

PRIMEIRA SEMANA

21 de maio

22 de maio

  • Holanda 2 x 3 Eslovênia – Antália, Turquia
  • Estados Unidos 0 x 3 Polônia – Antália, Turquia
  • Alemanha 0 x 3 Itália – Rio de Janeiro, Brasil
  • Irã 1 x 3 Sérvia – Rio de Janeiro, Brasil

23 de maio

  • Eslovênia 3 x 1 França – Antália, Turquia
  • Canadá 1 x 3 Polônia – Antália, Turquia
  • Turquia 2 x 3 Holanda – Antália, Turquia
  • Cuba 3 x 1 Alemanha – Rio de Janeiro, Brasil
  • Japão 3 x 0 Sérvia – Rio de Janeiro, Brasil
  • Argentina 2 x 3 Brasil – Rio de Janeiro, Brasil

24 de maio

  • Bulgária 0 x 3 Canadá – Antália, Turquia
  • França 3 x 0 Estados Unidos – Antália, Turquia
  • Holanda 0 x 3 Polônia – Antália, Turquia
  • Cuba 2 x 3 Japão – Rio de Janeiro, Brasil
  • Irã 0 x 3 Itália – Rio de Janeiro, Brasil
  • Sérvia 1 x 3 Brasil – Rio de Janeiro, Brasil

25 de maio

  • Eslovênia 3 x 2 Canadá – Antália, Turquia
  • Turquia 1 x 3 França – Antália, Turquia
  • Bulgária 3 x 1 Estados Unidos – Antália, Turquia
  • Japão 1 x 3 Itália – Rio de Janeiro, Brasil
  • Argentina 3 x 1 Alemanha – Rio de Janeiro, Brasil
  • Cuba 3 x 1 Irã – Rio de Janeiro, Brasil

26 de maio

  • Eslovênia 3 x 0Polônia – Antália, Turquia
  • Brasil 2 x 3 Itália – Rio de Janeiro, Brasil
  • Turquia 1 x 3 Estados Unidos – Antália, Turquia
  • Bulgária 1 x 3 Holanda – Antália, Turquia
  • Sérvia 0 x 3 Alemanha – Rio de Janeiro, Brasil
  • Irã 2 x 3 Argentina – Rio de Janeiro, Brasil

SEGUNDA SEMANA

4 de junho

  • Alemanha 0 x 3 Brasil – Fukuoka, Japão
  • Polônia 3 x 1 Bulgária – Fukuoka, Japão
  • Irã 0 x 3 Japão – Fukuoka, Japão
  • Argentina 0 x 3 Estados Unidos – Ottawa, Canadá
  • Canadá 3 x 1 Cuba – Ottawa, Canadá

5 de junho

  • Eslovênia 3 x 0 Turquia – Fukuoka, Japão
  • Alemanha 2 x 3 Japão – Fukuoka, Japão
  • Sérvia 3 x 0 Holanda – Ottawa, Canadá
  • França 3 x 2 Itália – Ottawa, Canadá

6 de junho

  • Irã 1 x 3 Brasil – Fukuoka, Japão
  • Bulgária 1 x 3 Alemanha – Fukuoka, Japão
  • Polônia 3 x 0 Turquia – Fukuoka, Japão
  • Cuba 1 x 3 Holanda – Ottawa, Canadá
  • Estados Unidos 0 x 3 Itália – Ottawa, Canadá
  • Canadá 1 x 3 Argentina – Ottawa, Canadá

7 de junho

  • Bulgária 3 x 2 Irã – Fukuoka, Japão
  • Brasil 2 x 3 Eslovênia – Fukuoka, Japão
  • Japão 0 x 3 Polônia – Fukuoka, Japão
  • Cuba 1 x 3 Itália – Ottawa, Canadá
  • França 3 x 1 Holanda – Ottawa, Canadá
  • Estados Unidos 3 x 1 Sérvia – Ottawa, Canadá

8 de junho

  • Turquia 3 x 1 Irã – Fukuoka, Japão
  • Polônia 1 x 3 Brasil – Fukuoka, Japão
  • Japão 3 x 1 Eslovênia – Fukuoka, Japão
  • Cuba 3 x 2 França – Ottawa, Canadá
  • Canadá 3 x 1 Estados Unidos – Ottawa, Canadá
  • Sérvia 2 x 3 Argentina – Ottawa, Canadá

9 de junho

  • Turquia 2 x 3 Alemanha – Fukuoka, Japão
  • Bulgária 0 x 3 Eslovênia – Fukuoka, Japão
  • Itália 3 x 0 Holanda – Ottawa, Canadá
  • Argentina 2 x 3 França – Ottawa, Canadá
  • Canadá 1 x 3 Sérvia – Ottawa, Canadá

TERCEIRA SEMANA

18 de junho

19 de junho

  • Alemanha 3 x 1 França – Manila, Filipinas
  • Irã 3 x 2 Estados Unidos – Manila, Filipinas
  • Cuba 2 x 3 Sérvia – Liubliana, Eslovênia
  • Itália 0 x 3 Polônia – Liubliana, Eslovênia

20 de junho

  • Alemanha 0 x 3 Canadá – Manila, Filipinas
  • Irã 3 x 2 Holanda – Manila, Filipinas
  • Brasil 2 x 3 Estados Unidos – Manila, Filipinas
  • Turquia 0 x 3 Argentina – Liubliana, Eslovênia
  • Bulgária 0 x 3 Itália – Liubliana, Eslovênia
  • Cuba 2 x 3 Eslovênia – Liubliana, Eslovênia

21 de junho

  • Irã 0 x 3 França – 0h (Manila, Filipinas)
  • Canadá 3 x 0 Brasil – 4h (Manila, Filipinas) – sportv2
  • Holanda x Japão – 8h (Manila, Filipinas)
  • Argentina x Polônia – 8h (Liubliana, Eslovênia)
  • Bulgária x Cuba – 11h30 (Liubliana, Eslovênia)
  • Turquia x Sérvia – 15h30 (Liubliana, Eslovênia)

22 de junho

  • Alemanha x Estados Unidos – 0h (Manila, Filipinas)
  • Canadá x Holanda – 4h (Manila, Filipinas)
  • França x Japão – 8h (Manila, Filipinas)
  • Bulgária x Argentina – 8h (Liubliana, Eslovênia)
  • Sérvia x Polônia – 11h30 (Liubliana, Eslovênia)
  • Eslovênia x Itália – 15h30 (Liubliana, Eslovênia)

23 de junho

  • Alemanha x Irã – 0h (Manila, Filipinas)
  • França x Brasil – 4h (Manila, Filipinas) – sportv2
  • Japão x Estados Unidos – 8h (Manila, Filipinas)
  • Cuba x Polônia – 8h (Liubliana, Eslovênia)
  • Turquia x Itália – 11h30 (Liubliana, Eslovênia)
  • Sérvia x Eslovênia – 15h30 (Liubliana, Eslovênia)

FASE FINAL

  • Quartas de final: 27 e 28 de junho (Lódz, Polônia)
  • Semifinais: 29 de junho (Lódz, Polônia)
  • Disputa pelo 3º lugar e final: 30 de junho (Lódz, Polônia)
PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost