Morre Wanderley Tribeck, o primeiro Bozo do Brasil, aos 73 anos

O pastor foi levado para um hospital municipal de Balneário Camboriú, em Santa Catarina, com suspeita de infarto e não resistiu

Morreu, na terça-feira (18/6), Wanderley Tribeck, o primeiro Bozo do Brasil, aos 73 anos. Wandeko Pipoca, como era conhecido em Balneário Camboriú, Santa Catarina, foi levado à pressas para o Hospital Municipal Ruth Cardoso, com suspeita de infarto, e não resistiu.

Ele ficou conhecido na década de 80 ao interpretar o palhaço Bozo, que ia ao ar pelo SBT e marcou a infância de muita gente, e atualmente era pastor da Assembleia de Deus de Criciúma, no mesmo estado.

Instagram/Reprodução

De acordo com o site Click Camboriú, ele se sentiu mal durante a tarde e foi socorrido pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu). Ao chegar na unidade de saúde, o pastor recebeu os primeiros atendimento e, por volta das 23h, faleceu.

A última postagem de Wanderley Tribeck foi durante um culto. Os fãs enviaram muitas mensagens de apoio: “Pastor Wanderley, tive a honra de conhecê-lo no domingo, dia 16/06, e comprar seu livro. Com certeza irei ler com muito carinho. Que Deus te receba, pois era um homem de Deus 🙌🔥👏”, afirmou um. “Colhendo frutos preciosos para o Reino até o último dia de sua vida, verdadeiramente um servo do Senhor que tive o prazer e o privilégio de contar como amigo”, elogiou outro. “Que Deus, na sua infinita misericórdia, te receba de braços abertos no descanso eterno”, desejou um terceiro. “Descanse em paz meu amigo!! Dia triste! 😢”, lamentou mais um.

Quem era Wanderley Tribeck

Wanderley Tribeck ficou famoso por viver o palhaço Bozo pela primeira vez no Brasil, entre 1980 a 1985. Ele também era conhecido artisticamente como Wandeko Pipoca.

No ano passado, Tribeck lançou a autobiografia Da Morte para a Vida, onde falou sobre toda sua trajetória artística.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost