Rio Branco, Acre,


Sindicato do Acre pede na Justiça a contratação de médicos do concurso de 2013

O governo do Estado não apresentou proposta de acordo para a contratação dos aprovados no concurso de 2013 ao Sindicato dos Médicos do Acre (Sindmed-AC) durante a audiência de conciliação realizada pela 3ª Vara da Fazenda Pública, na manhã desta quarta-feira (08/06). A entidade ajuizou processo depois que a Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre) não aceitou o acordo de convocar os selecionados em certame definitivo.

Segundo o presidente do Sindmed-AC, Ribamar Costa, a entidade buscou negociar a realização do certame, mas, agora, com a relação dos aprovados, há a recusa em contratar todos os trabalhadores.

PUBLICIDADE

“Nossa diretoria buscou a negociação para eliminar os contratos precários e com muita luta conquistamos o concurso, então, justo no momento da necessidade de contratação, há uma recusa em chamar os aprovados, por isso ajuizamos o processo, para garantir o direito daqueles que se prepararam e fizeram a prova e foram classificados”, afirmou o sindicalista.

Desde 2014, o Sindicato busca a contratação dos aprovados em decorrência da falta de profissionais nos hospitais e demais unidades, mas o chamamento não vem ocorrendo.

“A população sente a falta dos médicos. Houve a convocação de uma parte dos aprovados, mas boa parte espera ansiosa, e, enquanto isso não ocorre, o povo sofre”, detalhou Ribamar Costa.

De acordo com o sindicalista, o Sindmed tenta eliminar as contratações temporárias e precárias por entender que a falta de profissional fixo acaba prejudicando os pacientes.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up