Mais de 8 mil pessoas vivem privadas de liberdade no Acre, aponta pesquisa do CNJ


O Acre, atualmente, enfrenta uma superlotação de presídios, nas unidades penitenciárias disponíveis

REDAÇÃO CONTILNET

De acordo com o Painel Banco Nacional de Monitoramento de Prisões, publicado pelo Conselho Nacional de Justiça (CNJ), o estado do Acre possui até esta quarta-feira (23), 2.497 mandados de prisão pendentes.

Os dados coletados também apontam que 395 pessoas estão foragidas e 2.102 estão sendo procuradas pela polícia.

Dados do CNJ mostram que o Acre tem mais de 2,4 mil mandados de prisão pendentes — Foto: Reprodução/CNJ

CNJ/Foto: Reprodução

Os números também mostram que, ao todo, 8.031 vivem privadas de liberdade. No gráfico destacado, 7.562 são homens e 477 são mulheres.

O Acre, atualmente, enfrenta uma superlotação de presídios, nas unidades penitenciárias disponíveis.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Outras Notícias

Veja Também