Acreano de 17 anos é aprovado em medicina na USP: “Foi surpreendente, não esperava tanto”


Luís Fernando Peixoto conquistou uma das vagas na universidade mais concorrida do país pelo Sisu. Jovem aproveitou bolsas de estudo em cursinhos para se preparar para o Enem

CARINA MENEZES, DO CONTILNET

O sonho de cursar medicina na Universidade de São Paulo (USP) se tornou realidade para o estudante acreano Luís Fernando Peixoto, de 17 anos. Morador de Rio Branco, o adolescente foi aprovado em terceiro lugar, por meio do Sistema de Seleção Unificada (Sisu).

Acreano, de Rio Branco é aprovado em medicina na USP pelo Sisu. Foto: Reprodução

“Sempre quis cursar o nível superior na USP, por ser a dita melhor universidade da América Latina, mas, sinceramente, não esperava. Imaginava que, mesmo passando, não teria como eu ir, pois não havia nenhum planejamento para essa possibilidade. Felizmente, meus pais me deram e darão todo o apoio necessário para que eu possa estudar fora do estado”, disse o estudante.

Luís Fernando cursou o ensino médio integralmente em escola pública, um dos pré-requisitos que o fez conseguir a vaga. A primeira vez que fez as provas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) o adolescente tinha 16 anos. A segunda, em 2017, estava concluindo o ensino médio e acredita que a rotina de trabalhos e provas na escola tenham atrapalhado um pouco.

Acreano, de Rio Branco é aprovado em medicina na USP pelo Sisu. Foto: Reprodução

“Sinto que o Ensino Médio chegou a me atrapalhar em alguns momentos. Em 2017, quando estava no 3° ano, também prestei o Enem com o intuito de fazer medicina, mas infelizmente, não conquistei a vaga em nenhuma universidade pelo Sisu. Depois terminei o terceiro ano, tive todo o ano passado para me preparar para o Enem, sem precisar me preocupar com provas escolares e notas, o que creio que tenha facilitado meu aprendizado no Pré-Enem”, enfatizou.

Preparação

Determinado, o jovem fez uma prova em um cursinho preparatório particular e conseguiu uma bolsa de estudos integral. Com a bolsa, ele passou a estudar todas as manhãs no curso e revisar os conteúdos no período da tarde.

“Eu participei de uma prova de bolsa integral no curso Aprovação em dezembro de 2017 e consegui a bolsa. Durante as manhãs, eu assistia as aulas no cursinho e, durante a tarde, revisava os conteúdos e reescrevia-os, para tentar fixar, também resolvia exercícios direcionados ao Enem. Apesar de que, nas tardes de terça e quinta, eu acabava não me preparando para prova, pois ia ao curso de inglês. Não cheguei a sacrificar meus finais de semana e minhas noites, no geral”, conta.

A preparação levou Luís a alcançar a média de 784 pontos no exame. Na redação ele conseguiu 880, em linguagens 671, ciências humanas 753, matemática 862 e ciências da natureza 748. Com isso, o estudante conquistou uma das vagas do curso mais concorrido da USP. Na segunda-feira (29), ao consultar os resultados divulgados pelo Sisu, Luís diz não ter acreditado que havia conseguido a tão esperada aprovação. “Foi surpreendente, não esperava tanto. Apesar de que não teria nenhum problema se eu cursasse na Ufac”, pondera.

Mudança para São Paulo

Luís conta que sempre recebeu apoio da família na realização de seus sonhos. Quando decidiu que queria estudar numa universidade fora de seu estado, não foi diferente. Ele atribui seu sucesso às pessoas que estavam ao seu redor – principalmente à sua mãe, que foi uma grande incentivadora. “Ela sempre me apoiou para estudar fora do estado. Meu pai costumava ser mais protetor, mas também aceitou muito bem a ideia. Me surpreendendo, inclusive”, diz.

Luís Fernando sempre sonhou cursar medicina. Foto: Reprodução

Aliviado com o futuro se desenhando da forma como sempre planejou, agora ele se prepara para encarar a mudança de Rio Branco para São Paulo. Mais velho de quatro irmãos, o adolescente não conhece São Paulo, mas se diz tranquilo, pois sempre quis conhecer e não vai sozinho, o pai irá lhe acompanhar nos primeiros dias de adaptação na cidade.

“Nunca fui em São Paulo e, realmente, tinha uma vontade de conhecer a cidade, por ser uma das maiores metrópoles do mundo. A preparação para mudança está sendo tranquila, felizmente meus pais têm muita confiança em mim. Inclusive, meu pai estará comigo em São Paulo nos primeiros dias. Ele já conhece a cidade e me ajudará na adaptação”, comentou.

Orgulho

Ao ver o filho se preparando para estudar numa das universidades mais concorridas do país, a mãe de Luís Fernando, a secretária-executiva Luslene Vasquez de Oliveira, é só alegria e orgulho. Para ela, a realização do filho é também uma conquista sua.

Oliveira conta que foi mãe ainda na adolescência, aos 16 anos, e acabou tendo que abrir mão de alguns sonhos para se dedicar ao filho. Agora, ela acredita que seus sonhos estão sendo realizados através de Luís.

Luslene Vasquez, mãe de Luís Fernando, diz se sentir realizada com o filho. Foto: Arquivo pessoal

“Me sinto muito feliz, é a realização de um sonho conjunto, dele claro, que está colhendo o resultado de sua dedicação, e ao mesmo tempo está realizando o meu também, me sinto realizada através dos resultados dele. Tive o Luís Fernando na adolescência, aos 16, e acabei que alguns de meus sonhos não foram realizados, mas ele está fazendo isso por mim, a felicidade e conquista dele também são minhas, acho que eles (meus filhos) nasceram predestinados a me fazer muito feliz”, comemora.

A mãe, além de incentivadora é uma admiradora do filho. Ela diz está preparada para a mudança e acredita que ele também. “Sou sua maior admiradora, e torço para ele alcançar aquilo que deseja, mesmo que sendo de longe, tenho muita confiança nele, e tenho convicção que ele está preparado para seguir essa etapa de sua vida, é um rapaz muito maduro e inteligente”, declarou.

Luís deixa um recado aos que assim como ele, conseguiram alcançar seus objetivos. “Gostaria de parabenizar todos que, felizmente, conseguiram conquistar uma vaga no curso que tanto almejam, independente da instituição”, finalizou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários



Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Outras Notícias

Veja Também