Rio Branco, Acre,





Iapen disponibiliza serviço de saúde para servidores penitenciários


O presidente do Iapen, Lucas Gomes, explicou que as quartas-feiras foram escolhidas para os atendimentos

ASCOM

Na busca por melhorias na qualidade do serviço público e maior assistência aos servidores penitenciários, o Instituto de Administração Penitenciária (Iapen) estabeleceu, desde a última quarta-feira, 03, um serviço de saúde para atendimento dos servidores da instituição. Os atendimentos acontecerão quinzenalmente na Unidade Básica de Saúde do Complexo Penitenciário de Rio Branco.

No primeiro dia, mais de 20 servidores foram atendidos nas diversas especialidades disponíveis. São oferecidos atendimentos médico, fisioterápico, odontológico, nutricional, realização de exames ambulatoriais, testes rápidos de HIV, sífilis e hepatites. Os atendimentos acontecerão impreterivelmente às quartas-feiras – das 14h às 17h, por ordem de chegada, com agendamento prévio no Núcleo de Apoio ao Servidor Penitenciário (Nasp).

O presidente do Iapen, Lucas Gomes, explicou que as quartas-feiras foram escolhidas para os atendimentos, tendo em vista que, durante esses dias, a Unidade de Saúde do presídio tem o atendimento agendado suspenso, devido às visitas íntimas nas unidades. “Com esse serviço, nós pensamos em ampliar nossas ações de apoio aos servidores, agregando ao trabalho do Centro Integrado de Apoio Biopsicossocial (Ciab), novas possibilidades de acolhimento e acompanhamento das demandas dos servidores”, disse.

De acordo com o gerente de Gestão de Pessoas do Iapen, Frank Goldemberg de Oliveira, esta é uma ação permanente que visa alcançar o maior número de servidores do Sistema. “É sabido por todos que o trabalho do servidor penitenciário é intenso e exaustivo, dessa forma necessitando de uma maior atenção à saúde. Essa Ação trará um maior cuidado a esse servidor”, afirmou.

A coordenadora do Núcleo de Apoio ao Servidor Penitenciário (Nasp), Adriana Maia, ressaltou que a atenção à saúde é fundamental para uma melhoria na qualidade de vida no trabalho. Essas práticas ajudam tanto na prevenção quanto no tratamento a possíveis doenças ocasionadas ou não pelo trabalho.

“Esses serviços, na verdade, vêm como um acréscimo aos serviços que já existiam através do Ciab. Porém, na Unidade de Saúde nós temos um diferencial, que é um profissional na área de fisioterapia e o atendimento odontológico”, finalizou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também