Rio Branco, Acre,


“Este é um ano para prestar atenção e falar pouco”, diz Jorge Viana sobre sua vida política

“Temos muita preocupação com tudo que vem ocorrendo", acrescentou o político

Muitas são as especulações sobre o futuro político do ex-governador do Acre e ex-senador Jorge Viana (PT). Até a pretensão de concorrer à prefeitura de Rio Branco nas eleições de 2020 já chegou a ser atribuída a ele. No entanto, mais uma vez indagado a respeito, a reposta é enfática: “este é um ano para prestar atenção e falar pouco”, disse ao ContilNet.

Recentemente, Jorge Viana escreveu em sua página no FaceBook: “Este ano não tem eleição, mas muitos só falam disso, e já pensam nas próximas, né [sic] mesmo? Parece que os eleitos já começam a frustrar seus eleitores.”, suscitou.

Sobre possibilidade de sair do PT, o ex-senador também deixa claro: “não estou pensando ou discutindo saída do partido; minha casa é no Acre, o Acre é minha casa (passei os últimos 8 anos morando no Acre e trabalhando em Brasília) e não estou discutindo candidaturas. Não preciso desenhar, né [sic]? Só quero saúde e tranquilidade para trabalhar e reorganizar a minha vida.”, disse.

Em seguida avaliou que os tempos são outros/Foto: Reprodução

Governador do estado eleito, em 1998 e reeleito em 2002, com 64% dos votos no primeiro turno, depois senador de 2011 a 2018, em 20 anos é a primeira vez que Jorge Viana concorre a um cargo eletivo – no caso, a reeleição para o Senado – e é derrotado nas urnas. Nesse período, só havia ficado sem mandato ao eleger seu sucessor para o governo, em 2006, com a eleição de Binho Marques, quando não se candidatou a nada.

Há cerca de 10 dias, quando recebeu em sua casa, para um encontro que classificou como “especial”, o ex-governador Binho Marques, o ex-prefeito e ex-deputado federal Raimundo Angelim e o ex-prefeito Marcus Alexandre, Viana declarou que “a conversa foi de muita emoção e lembranças, também de preocupação, mas sobretudo de esperança e fé no Acre, no Brasil e na vida.”.

Sem revelar se a conversa tinha como pauta planos para o futuro político tanto dele quanto dos demais, Jorge Viana, escreveu que lembraram de como encararam dificuldades e venceram desafios. “Fizemos mudanças. Dá orgulho a fantástica experiência de vida de trabalhar por nossa cidade e nosso estado. Fizemos muito, mas também temos nossas erros!”, admitiu.

Em seguida avaliou que os tempos são outros. “Temos muita preocupação com tudo que vem ocorrendo. Alguns que tanto se beneficiaram dos nossos governos, que foram corretos e republicanos, posam de moralistas e justiceiros. Hipocrisia!”, criticou.

Ao concluir, Jorge Viana, disse que apesar da conjuntura, o encontro o reanimou. “Claro que nos preocupa esses tempos de intolerância, ódio e enfrentamentos. Há algum tempo as coisas começaram a dar errado, o sonho começou a dar lugar a um pesadelo e, hoje, muitos estão sofrendo! Esse encontro e essa conversa, porém, veio para animar nossas forças e nossa fé que, no final, a verdade vence e a luta vale a pena.”, finalizou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias