Rio Branco, Acre,





Ferrenho opositor, Edvaldo elogia governo por tratamento oferecido às vítimas de explosão no Juruá


De acordo com o político, não há regras para a condução de combustíveis

EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Como desdobramento da explosão do barco que explodiu no Rio Juruá e matou 4 pessoas, o deputado Edvaldo Magalhães (PCdoB) elogiou o tratamento oferecido pelo estado às vítimas do acidente, mas disse que as medidas de proibição tomadas pelo executivo se assemelham ao movimento “de cuidar da casa depois de arrombada”.

“Não tem lugar para armazenar combustível. Os ribeirinhos sofrem e ficam vulneráveis por isso, tendo que transportar o produto de forma perigosa. Acaba se tornando uma necessidade básica do trabalhador para poder se locomover”, explicou.

Deputado Edvaldo Magalhães/Foto: Juan Vicent

De acordo com o político, não há regras para a condução de combustíveis. “Começaram agora a fazer as proibições, mas é necessário oferecer suporte aos moradores das margens do Rio, com a criação de terminais para abastecimento nos municípios mais distantes, evitando mortes e outros danos. Se não for assim, é como cuidar da casa depois de arrombada”, comentou.

Apesar da crítica, Edvaldo elogiou o cuidado emergencial com as vítimas oferecido pelo governo do estado. “Temos que parabenizar o governo por isso. As vítimas estão sendo atendidas da melhor forma, com os melhores profissionais e métodos”, finalizou.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários






Outras Notícias

Veja Também