26.3 C
Rio Branco
21 outubro 2021 11:52 pm

Médicos acreanos fazem manifestação em frente ao CRM e contam com apoio de Alan Rick

POR EVERTON DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 26/05/2020 17:53

Uma manifestação pacífica foi realizada por médicos acreanos formados no exterior, nesta terça-feira (26), em frente ao prédio do Conselho Regional de Medinica (CRM), em Rio Branco, contra o que os profissionais chamam de corporativismo por parte do órgão e da reserva de mercado que vem sendo criada.

Em suas redes sociais, o deputado federal Alan Rick (DEM) defendeu o movimento e explicou que a falta de médicos no país e, principalmente no estado, é uma dura realidade.

/Foto: TV Gazeta

“A Lei brasileira permite a contratação emergencial de médicos formados no exterior em situações específicas.É a lei 12.871/2013 – do Programa Mais Médicos. Através dela cerca de 5 mil médicos formados no exterior já atuam espalhados por mais de 4 mil municípios brasileiros. Vivemos hoje uma pandemia do Corona Vírus (Covid-19) de proporção mundial. A falta de médicos é uma dura realidade”, explicou o político.

Na mesma publicação, Alan questionou o posicionamento do CRM a respeito de que “não há falta de médicos no Brasil”.

“O CFM e as associações médicas dizem que não faltam médicos. Será? A realidade mostra justamente o contrário. Impedir o trabalho desses médicos onde mais se precisa deles é uma crueldade com a população carente. As Universidades Públicas já deveriam estar com procedimentos de Revalidação em andamento, mas não estão. O MEC anunciou o Revalida somente para outubro. Toda essa burocracia é fruto do corporativismo e da reserva de mercado mais cruéis e perversas do mundo”, continuou.

Ao final, o parlamentar pediu uma intervenção que atenda a necessidade da população.

“Esperamos que os Conselhos e Associações de Médicos disponibilizem profissionais para atender no interior do Brasil. Do contrário, a morte de milhares de pessoas sem atendimento pode ser colocada na conta deles”, finalizou.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.