Rio Branco, Acre,


Convenção do Progressistas e PSDB em Sena Madureira será a portas fechadas

Ministério Público Eleitoral emitiu recomendação para que partidos evitem aglomerações na cidade

A recomendação do Ministério Público Eleitoral (MPE) para que partidos políticos evitem aglomerações na regional do Purus, como medida de contenção do coronavírus, teve sua primeira consequência. O pré-candidato à prefeitura de Sena Madureira, Gehlen Diniz (Progressistas), pediu, em suas redes sociais, que a população não compareça à convenção que vai oficializar seu nome e o da vice Toinha Vieira (PSDB) para a disputa.

LEIA MAIS: Recomendação do MPE pode impossibilitar convenções partidárias presenciais no Acre

PUBLICIDADE

“Comunico a todos que, em razão de recomendação do Ministério Público Eleitoral, visando evitar aglomerações e propagação da covid-19, decidimos que somente os pré-candidatos e dirigentes partidários poderão ter acesso ao local da nossa convenção”, escreveu o deputado estadual.

LEIA MAIS: Gehlen Diniz e Toinha Vieira lançam candidatura nesta sexta, em Sena Madureira

Diniz solicita ainda que os senamadureirenses não se desloquem nem mesmo para a rua onde ocorre o ato. “A responsabilidade por qualquer aglomeração será atribuída à nossa chapa”, justifica.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up