Rio Branco, Acre,


Bocalom defende início das aulas em fevereiro e usa Japão como exemplo

"Separa elas [as crianças], usando álcool em gel, máscaras", disse sobre medida para evitar contágio do vírus

O prefeito Tião Bocalom (Progressistas) informou que na manhã desta segunda-feira (18) esteve reunido na secretaria municipal de Educação com a secretária Nabiha Bestene, para falar sobre retorno às aulas em fevereiro.

“Eu sou a favor de que as aulas recomecem, já. A ideia é para o dia 1° de fevereiro”, declarou.

O gestor municipal citou exemplos de que é possível retomar as aulas com segurança. “Na Europa e no Japão, por exemplo, está tendo aula normal. Infelizmente, só nos países mais pobres estão com essa história de não colocar as crianças nas escolas”, ressaltou.

O chefe do executivo de Rio Branco, contou que a reunião com a secretaria de educação foi para alinhar o planejamento de início do ano letivo de 2021. “Ela [a secretária] vai discutir com a equipe e terá total autonomia para decidir se inicia as aulas em fevereiro ou não. Eu acho que as crianças têm que estar nas escolas. Separa elas, usando álcool em gel, máscaras. Elas não podem sofrer sem educação”, enfatizou.

 

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up