Rio Branco, Acre,


“Ninguém vai escapar do coronavírus”, diz secretário de Saúde de Tião Bocalom

"A gente vai retardar com máscara, álcool e distanciamento, mas uma hora ele vai chegar"

O secretário de Saúde de Rio Branco, Frank Lima, deu, na tarde desta quarta-feira (6), uma declaração polêmica em sua primeira coletiva de imprensa. Segundo ele, ninguém vai escapar do coronavírus.

“A gente vai retardar ele com máscara, com álcool em gel, com proteção e distanciamento, mas uma hora ele vai chegar”, alertou o gestor em frente às câmeras e microfones.

A fala foi dita durante anúncio de que as 12 Unidades de Referência em Atenção Primária (Uraps) da cidade passarão a atender pessoas acometidas pela covid-19. A ideia é testar, consultar e medicar pacientes no início da infecção para evitar casos graves e internações no Instituto Nacional de Traumatologia e Ortopedia no Acre (Into-AC).

“A gente quer que ninguém se contamine, a gente quer que ninguém morra. Mas se a gente tiver um alto índice de infestação e baixo índice de morte, ela vai tá dentro daquilo que a gente considera pandemia, porque é vírus”.

Os comentários são de responsabilidade exclusiva de seus autores e não representam a opinião deste portal. Se achar algo que viole os termos de uso, denuncie.

Comentários

comentários


Recomendado para você

Últimas Notícias

Scroll Up