19.3 C
Rio Branco
30 julho 2021 10:30 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Recompensa de R$ 1 mil é oferecida a quem encontrar Tobias

Cãozinho mascote da família de Caio Kaspary, desapareu há três dias

POR LÚCIO BORGES ORTEGA - CORRESPONDENTE MS

CAMPO GRANDE (MS) – O ‘melhor amigo do homem’ deu uma escapadinha, mas após deve ter se perdido ou sido ‘roubado’. Assim, Tobias, o cãozinho mascote da família de Caio Kaspary, desapareu há três dias, no bairro de classe média, Vilas Boas, de Campo Grande. Após procurarem muito, seus donos partiram a uma campanha em busca de informações, fotos e localizações que possam ajudar a encontra-lo. O cão da raça border collie, três anos, xodó da família, motivou até o oferecimento de uma recompensa de R$ 1 mil, a quem conseguir capturar e devolver o bichinho.

Caio, de 22 anos, conta que Tobias fugiu após se assustar durante passeio noturno, na  noite da última quarta-feira (9), quando estava com seu pai onde moram. “Tobias foi dar a volta noturna com meu pai, mas no meio do passeio, aconteceu algo que ele se assustou e saiu correndo. Ele até teria voltado ao condomínio onde a gente mora, mas não conseguiu entrar. De certo, foi andar e dormiu na região dos Bairros Vilas Boas, Jardim Auxiliadora, Vila Carlota e Rita Vieira”., citou o jovem.

A família conta que alguém até o viu que estava na Rua Luís Charbel, na região do Jardim Mansur. Eles foram ao local, mas nada. “Viram o Tobias andando pela região, até tiraram uma foto, mas não o pegaram, pois disseram que na hora, começou a chover e, justamente por ter medo de chuva e trovões, a reação dele foi sair correndo”, relata Caio, que fala também que já recebemos boatos, mas eles foram atrás meio longe na periferia, “na Avenida Guaicurus, no Itamaracá, de madrugada, mas nada”.

A recompensa

A família garante o pagamento do dinheiro oferecido e clama para que, caso alguém encontre Tobias, que o leve para dentro de casa e os chame para resgata-lo. “Ele é manso, deve estar molhado com frio, esta tempo frio e ele não fica fora de casa, deve está sujo. Queremos ele de volta, e vamos recompensar, quem nos ajudar, quem o salvar, com R$ 1 mil”, apela Caio.

A família disponibilizou seus telefones a quem não conseguir capturar o cão, mas tiver informações, fotos e a localização por onde ele foi visto. O contato com a família é pelos telefones 9.9676-4313, 9.9894-4831 e 9.9662-7048.

 

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.