15.3 C
Rio Branco
30 julho 2021 9:12 am

Trabalhadores da Saúde em greve fazem panelaço em frente à Secretaria de Saúde

Profissionais estão em greve há dois dias e realizaram, na frente da Sesacre, um panelaço

POR LEANDRO CHAVES, DO CONTILNET

Trabalhadores da Saúde pública estadual em greve voltaram às ruas de Rio Branco na manhã dessa quarta-feira (16) para cobrar do governo mais valorização. Eles se concentraram em frente à Secretaria de Estado de Saúde (Sesacre), no Centro, e promoveram um panelaço.

A paralisação teve início na segunda (14) e continua por tempo indeterminado, uma vez que as categorias de braços cruzados ainda não estão satisfeitas com as propostas apresentadas pelo Palácio Rio Branco.

Participam médicos, enfermeiros e auxiliares de enfermagem, farmacêuticos, odontologistas, nutricionistas, condutores de ambulância, biomédicos, entre outros. Eles reivindicam sete pontos.

Um deles é a correção da tabela do Plano de Cargos, Carreiras e Salários (PCCR). Outro é retorno, com retroativo, do pagamento do adicional da Covid-19, interrompido no final do ano passado.

A regulamentação do adicional de insalubridade também é pauta do movimento. Outros pontos são: reposição de 55% de perdas inflacionárias no salário, criação de uma comissão para regulamentar a aposentadoria especial e concurso público para suprir déficit de profissionais.

Por fim, eles cobram do governo uma solução para a situação de 2.100 servidores que estão desde 2015 com direitos suspensos, como licença-prêmio, progressão salarial, reajuste e férias.

Os grevistas esclarecem que os atendimentos a pacientes com Covid-19 não serão afetados pelo movimento, que também diz estar respeitando o percentual mínimo de funcionamento das unidades de saúde previsto por lei.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.