21.3 C
Rio Branco
31 julho 2021 8:18 pm

Conor McGregor ataca críticos após polêmica com Poirier: “Vagabundos”

Ao que parece, Conor McGregor não está nada arrependido de seu comportamento no pré e pós-luta com Dustin Poirier

POR AG FIGHT

Ao que parece, Conor McGregor não está nada arrependido de seu comportamento no pré e pós-luta com Dustin Poirier.

No UFC 264, evento que aconteceu em julho, em Las Vegas (EUA), o ex-campeão do peso-pena (66 kg) e do peso-leve (70 kg) provocou o desafeto, perdeu pela segunda vez por nocaute, encerrou a trilogia em desvantagem e lesionado e, após o revés, ameaçou matar ‘The Diamond’ e sua esposa.

Imediatamente, o astro irlandês foi criticado por parte da comunidade do MMA devido a suas ações, mas ignorou o cenário caótico.

Em suas redes sociais (veja abaixo ou clique aqui), ‘Notorious’ fez pouco caso das críticas que recebeu quanto a sua postura e performance no octógono e ofendeu seus detratores.

Vale lembrar que, além de parte dos fãs, personalidades do MMA como Dominick Cruz, Firas Zahabi, Khabib Nurmagomedov, Michael Bisping, Paul Felder, entre outros condenaram a agressividade de McGregor em suas declarações.

Estrela do UFC, o irlandês, que se recupera da cirurgia na perna e visa enfrentar Poirier pela quarta vez na carreira, não se importou em bater de frente com os mesmos.

“Limpo minha bunda rica com seus sentimentos sobre meu trabalho. Não sinto nada por vocês, vagabundos. Nada!”, escreveu ‘Notorious’ em sua conta oficial no ‘Instagram’.

Mesmo em má fase, Conor McGregor, de 32 anos, é o principal nome do UFC. Dois anos após sua estreia na organização, o irlandês se transformou em um fenômeno do MMA e conquistou o cinturão do peso-pena (66 kg), em 2015, e do peso-leve (70 kg), em 2016.

Seus triunfos mais marcantes foram contra Chad Mendes, Donald Cerrone, Dustin Poirier, Eddie Alvarez, José Aldo, Max Holloway e Nate Diaz.

Atualmente, o atleta ocupa a quinta posição no ranking dos leves e possui um cartel composto por 22 vitórias, sendo 20 pela via rápida e 19 delas por nocaute, e seis derrotas.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.