27.3 C
Rio Branco
20 setembro 2021 8:24 am

Após publicação do ContilNet sobre assessores, N. Lima vai à tribuna dizer que número é pequeno

POR TON LINDOSO, DO CONTILNET

Última atualização em 10/08/2021 11:35

O vereador N. Lima (PP) não gostou – nem um pouco – da publicação do ContilNet dada na segunda-feira (9), abordando o aumento de 8 para 12 assessores de comunicação de cada parlamentar na Câmara Municipal de Rio Branco.

Com a criação de 68 novos cargos comissionados na estrutura da Casa do Povo, os valores podem custar centenas de milhares de reais aos cofres públicos. O presidente da Câmara, em discurso nesta terça-feira (10) se mostrou triste, porque queria, mesmo, era ‘poder aumentar’.

“Isso prejudicava o próprio vereador. Eu tenho 16, e queria poder aumentar […] era o meu desejo. A única coisa que aumentamos foi a quantidade máxima de assessores, de oito para doze, e nada mais”, explicou o vereador.

Esclarecendo

O vereador explica que número de assessores que aumentou para 17 vereadores ‘custa R$ 510 mil ao mês, e não R$ 800 mil’, como noticiado pela imprensa.

N. Lima explica que, por mês, cada vereador pode pagar até R$ 30 mil em salários para a assessoria, no limite de 12 pessoas, sendo os valores escalonados.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.