23.3 C
Rio Branco
17 setembro 2021 3:40 am

“Enquanto o governador está sentado com 105 seguranças, as Unidades de Saúde estão completamente abandonadas”, dispara Duarte

POR ASCOM

Última atualização em 31/08/2021 13:36

O Deputado Estadual Roberto Duarte usou novamente a tribuna da ALEAC, nesta terça-feira, 31, para falar sobre a absoluta falta de segurança nas Unidades de Saúde do Estado do Acre.

“É incrível a falta de sensibilidade do Governo do Estado do Acre. Essa semana tivemos mais notícias de invasões e ameaças a servidores da Saúde, a exemplo do ocorrido na UPA da Sobral. Eu não sei quando vão tomar providências”, alertou Duarte.

O Deputado fez questão de alertar e registrar, na tribuna da Aleac, que se algo grave acontecer a algum servidor da Saúde, a responsabilidade total e integral vai ser do governo do Estado, por não garantir sequer a segurança desses servidores.

O parlamentar relembrou que foram demitidos 180 pais de famílias que faziam a vigilância nas Unidades, e nenhuma providência foi tomada até o momento. Mas que, diariamente, recebe notícias sobre agressões e ameaças nas unidades, ao citar uma ligação recebida informando que na Maternidade Barbara Heliodora isso já virou rotina.

“Até quando Governador, até acontecer algo grave a algum servidor? É inadmissível, nós não podemos mais aceitar. Eu subo nessa tribuna pela terceira vez para tratar desse mesmo tema, e até o momento não vimos uma providência para levar segurança aos servidores e a população, que busca atendimento nessas unidades de saúde”, disse Duarte.

O parlamentar ainda lembrou que enquanto o governador está sentado na cadeira com 105 seguranças, mais que o governo anterior, as unidades de saúde estão completamente abandonadas.

 

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.