29.3 C
Rio Branco
13 setembro 2021 9:21 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Petecão não descarta aliança com Jorge Viana para 2022: “Vamos conversar”

POR THIAGO CABRAL, DO CONTILNET

Falou de tudo

Em entrevista ao ContilNet nesta segunda-feira (13), o senador Sérgio Petecão (PSD) botou a boca no trombone. O senador falou de tudo. E claro, sobraram alfinetadas direcionadas ao governador Gladson Cameli (Progressistas).

Fogo cruzado

Questionado se haveria possibilidade de desistir da candidatura ao Governo para apoiar a reeleição de Gladson, o senador foi enfático: “Eu jamais sairia de casa pra fazer campanha pro Gladson”. Petecão justificou a saída da base do governador, porque, segundo ele, Gladson não cumpriu nada do projeto pelo qual foi eleito. “Todo mundo que tá com Gladson hoje é gente que criticava o governador. Já as pessoas que caminharam com ele pra que esse projeto fosse eleito, não tem quase mais ninguém lá”.

Mailza Gomes

Outra crítica que o senador fez ao governador foi sobre a disputa pela vaga do Senado na chapa governista. “Eu tô preocupado e ao mesmo tempo com pena da Mailza (Gomes). O governador ofereceu essa vaga a outras cinco pessoas e eu não sei como ele vai fazer essa engenharia política. Mas isso é problema pra ele resolver”, disse.

Vice

Sobre a escolha do vice, o senador disse que já conversou com algumas pessoas, mas não garantiu a vaga pra ninguém. “Não vou cometer o mesmo erro que o outro lado”, alfinetou. O senador disse ainda acreditar que é muito cedo pra bater o martelo. “Estamos a mais de um ano da eleição. As conversas vão acontecer, mas vamos tomar essa decisão em conjunto. A escolha do vice não deve ser pra me agradar, e sim para fazer uma composição política”.

Dobradinha

Já sobre a dobradinha com um candidato ao Senado, apesar de voltar a afirmar que acha cedo ainda para tomar uma decisão, o cenário aparenta ser um pouco mais definido, sobretudo com relação ao nome de Jorge Viana (PT). “Ele precisa primeiro de se definir, se é candidato ao Governo ou ao Senado. Se for para o Governo, será meu adversário. Se decidir concorrer ao Senado, vamos conversar. A minha relação com o Jorge é muito boa”.

Bocalom

Questionado sobre a gestão do prefeito Tião Bocalom (PP), gestão que o senador foi o principal cabo eleitoral na última eleição, Petecão rasgou seda para o aliado. “Ele tem a forma dele de dialogar, já eu tenho um jeito totalmente diferente, mas eu não vejo como não dar certo essa gestão. Um cara que acorda às cinco da manhã e trabalha de domingo a domingo, vai sem dúvidas dar certo”.

Emprego

De acordo com o senador, o grande mote da sua campanha e da sua possível gestão será a geração de empregos. Petecão disse que tem uma equipe de técnicos em campo preparando um plano de governo “enxuto e executável”, e que tem como meta resolver o gargalo da empregabilidade no estado.

Seis de Agosto

Uma comitiva de políticos do Progressistas visitou na manhã de hoje o bairro Seis de Agosto. Composta pelo vereador de Rio Branco, Samir Bestene, pelo deputado estadual José Bestene e pela senadora Mailza Gomes, o objetivo da visita foi escutar a população. O vereador disse à coluna que além da visita aos comerciantes e feirantes, a comitiva também esteve na Urap Ary Rodrigues para ouvir as demandas da comunidade.

Saúde e política

Enquanto a disputa para o Governo segue polarizada entre Gladson e Petecão, outro pré-candidato ao cargo, o deputado estadual Jenilson Leite (PSB), tem usado muito bem as armas que tem: o mandado e a sua profissão. Médico infectologista, o socialista segue com a sua caravana pelo interior do Acre. No último sábado (11) o médico esteve em mais uma ação de saúde na comunidade Pão de Açúcar, na zona rural do município de Brasileia, na região do Alto Acre, a convite da sua colega de partido, a vereadora Neiva Badott. Foram mais de 200 atendimentos!

Votos e alianças

Para além dos atendimentos, Jenilson também aproveitou a ida ao Alto Acre para fazer contatos políticos. O parlamentar se reuniu com a prefeita de Brasileia, Fernanda Hassem (PT), e visitou empreendimentos importantes na região. Com esse trabalho, ele vem conquistando além de votos, importantes aliados em diversos setores e regiões.

Tropeçou

A deputada federal Perpétua Almeida (PCdoB) sofreu ontem, em Brasília, um pequeno acidente. Segundo a deputada, ao caminhar com sua filha, após ver o pôr do sol, tropeçou em um canteiro de plantas. “Saldo da queda: queixo machucado, joelho dolorido e um osso da mão quebrado”, escreveu Perpétua nas redes sociais. Melhoras, deputada!

Guarda Municipal

Uma discussão que tempos em tempos surge em Rio Branco voltou a ganhar força hoje: a criação da Guarda Municipal. O vereador Emerson Jarude (MDB) usou as redes sociais para perguntar o que a população acha sobre o tema. “Rio Branco pede por segurança. Queremos a criação da Guarda Municipal em nossa cidade”, escreveu o parlamentar. Vale lembrar que Rio Branco está entre as três únicas capitais do país que não possuem a Guarda.

CDP

A deputada federal e pré-candidata ao senado, Jéssica Sales (MDB), passou o dia em visita à Cidade do Povo, em Rio Branco. A emedebista caminhou ao lado de lideranças da comunidade para conhecer (e tentar resolver) os problemas do local, que não são poucos.

Boleira

Depois da Cidade do Povo, o bonde da deputada foi até o bairro Calafate, também na Capital. Por lá, muita conversa, abraços e agradecimentos ao governador Gladson Cameli pelas obras na comunidade. Mas o melhor mesmo foi o gol de placa. Sales se juntou a um grupo de crianças que estava batendo uma “pelada”, e fez um golaço. Foi de pênalti mas foi bonito.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.