23.9 C
Rio Branco
24 novembro 2021 8:16 pm

Concurso INSS 2022 será federal ou estadual? Entenda!

Se autorizado, concurso INSS será federal ou estadual? Entenda o processo e como os últimos editais nacionais têm oferecido as vagas.

POR FOLHA DIRIGIDA

Última atualização em 15/11/2021 11:30

concurso INSS 2022 segue em análise no Ministério da Economia, mas, caso seja autorizado, o edital contará com vagas em âmbito federal ou estadual? Essa dúvida de muitos candidatos pode ser respondida avaliando as últimas seleções nacionais.

No início deste ano, foram abertos os concursos da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Em ambos os casos, o concurso foi nacional, mas sem a distribuição de vagas por estado.

Desta forma, os candidatos concorreram a todas as vagas, reduzindo a concorrência por região e tornando a disputa nacional. Por outro lado, a decisão do local de atuação foi decidida conforme ordem de classificação e necessidade da PF e PRF.

Se essa é uma constante nos órgãos federais, nas estatais os editais publicados este ano continuaram com a distribuição regionalizada. Esse é o caso do concurso Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.

Neste caso, as estatais preferiram distribuir as vagas conforme os estados e microrregiões, o que distribuiu a concorrência, tornando ela menor ou maior, conforme as áreas oferecidas.

O histórico do Instituto Nacional de Seguro Social mostra que a autarquia seleciona, em seus últimos editais, de forma regionalizada. Desta forma, considerando as necessidades nas agências de todo país, é possível que o concurso INSS seja estadual.

Sem concurso, INSS perderá 22% de servidores até 2026

A necessidade de um novo concurso INSS se mostra diariamente nos serviços prestados à população e para os próprios serivdores. O Instituto sabe disso e, ao solicitar o edital para o ME, deu informações sobre o seu quadro de pessoal, que deve sofrer com a baixa de 22% da força de trabalho até 2026.

Segundo o INSS, para os próximos cinco anos, cerca de 4.569 servidores estarão em abono de permanência ou, ainda, aposentados.

Considerando o atual quadro de 20.301 servidores, esse quantitativo corresponderá a 22,50% do efetivo, representando um risco à performance institucional, segundo a autarquia.

“Soma-se a isso o fato de outras situações não previstas, tais como falecimento, afastamentos legais, demissões, exonerações e vacâncias, cessões, requisições e movimentações para outros órgãos”, explicou o INSS em ofício enviado ao ME.

Além disso, o Instituto explica que o seu quadro de temporários também será reduzido, com a saída de 2.275 contratados. Isso porque esses contratos terminarão em dezembro deste ano.

“(A saída) impactará diretamente no atendimento à população, ocasionando o aumento de demandas judiciais, aumentando o custo da máquina pública, além de provocar o não atendimento da população”, disse o INSS no documento.

Desta forma, o Instituto reforça que a contratação de servidores públicos possibilitará que o INSS cumpra sua missão institucional, “com o reconhecimento tempestivo de direitos previdenciários do RGPS e demais serviços prestados à sociedade, sem prejuízo ao atendimento aos cidadãos”.

Concurso INSS tem previsão de 7 mil vagas

No momento, o pedido de concurso INSS está em análise no Ministério da Economia. Ao todo, foram solicitadas 7.575 vagas em todo o país, sendo elas para os seguintes cargos e áreas:

técnico do seguro social – nível médio – R$5.447,78

  • áreas: Análise Reconhecimento de Direito RGPS (2.938 vagas), Combate à Fraude (734), Serviço de Apoio ao Reconhecimento de Direito (216), Serviço de Atendimento de Demandas Judiciais (40), Serviço de Cobrança Administrativa (34), Análise Reconhecimento de Direito RPPS (46) e Recomposição do Quadro de Aposentados até 2023 (1.996).

analista do seguro social – nível superior – R$8.357,07

  • áreas: Serviço Social (463 vagas), Reabilitação Profissional (702) e Recomposição do Quadro de Aposentados até 2023 (406).

Resumo sobre a seleção

  • Órgão: Instituto Nacional de Seguro Social
  • Cargos: técnico e analista do seguro social
  • Vagas: 7.575 solicitadas
  • Requisitos: níveis médio e superior
  • Remuneração: R$5.447,78 e R$8.357,07
  • Status: aguardando aval do Ministério da Economia

Saiba como foi o último concurso INSS

Para quem já deseja iniciar a preparação, o último edital pode ser usado como base. Realizado em 2015, o concurso do INSS contou com 950 vagas para técnicos e analistas.

A seleção teve a organização do Cebraspe. Os candidatos ao cargo de técnico foram submetidos a uma prova objetiva, contendo 120 questões sobre:

  • Ética no Serviço Público;
  • Regime Jurídico Único;
  • Noções de Direito Constitucional;
  • Noções de Direito Administrativo;
  • Língua Portuguesa;
  • Raciocínio Lógico;
  • Noções de Informática; e
  • Conhecimentos Específicos.

Já os analistas tiveram disciplinas de Português, Raciocínio Lógico, Noções de Informática, Direito Constitucional, Direito Administrativo, Legislação Previdenciária, Legislação da Assistência Social, Saúde do Trabalhador e da Pessoa com Deficiência.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
É permitida sua reprodução total ou parcial desde que seja citada a fonte. Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.
Facebook Notice for EU! You need to login to view and post FB Comments!