31.3 C
Rio Branco
14 maio 2022 4:21 pm
spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Blog do Ton: Deputada do Acre nega ação a relatoria que pode cassar Eduardo Bolsonaro

O Blog do Ton é assinado pelo jornalista Ton Lindoso, editor-chefe do ContilNet, e traz os bastidores da política acreana, comunicação e sociedade

POR TON LINDOSO, DO CONTILNET

Última atualização em 28/04/2022 19:49

Última atualização em 14/05/2022 16:21

Mauro Lopes e Pinheirinho, ambos do PP de Minas, e Vanda Milani, do PROS do Acre, se negaram a assumir a relatoria da ação acerca da declaração do filho 03 de Bolsonaro à jornalista Miriam Leitão, que sofreu tortura durante o período da ditadura.

Dos três deputados sorteados para assumir o processo que pode resultar na cassação de Eduardo Bolsonaro (PL-SP), nenhum quis. O processo é resultado de representações protocoladas pelo PT, PCdoB, PSOL e Rede. Para esses partidos, Eduardo fez “apologia à tortura e à ditadura militar, numa postura de intolerância e ódio dentre tantos que vem pautando a trajetória política do deputado”.

De acordo com a Revista Fórum, Vanda pediu retirada de seu nome por já concorrer a outras quatro relatorias. Pinheirinho nem justificativa apresentou e Lopes alegou suspeição. Pavimentando estrada rumo às eleições, Vanda teve seu nome confirmado como pré-candidata ao Senado pelo PROS, na chapa de Sérgio Petecão (PSD-AC), pré-candidato ao Governo.

ACESSE O BLOG DO TON E FIQUE POR DENTRO DOS BASTIDORES DA POLÍTICA ACREANA.

Os artigos são de responsabilidade exclusiva dos autores. É permitida sua reprodução, total ou parcial desde que seja citada a fonte.