30.3 C
Rio Branco
29 junho 2022 4:46 pm

É possível remover tatuagens? Saiba quais são as técnicas disponíveis

Existem métodos para remover tatuagens definitivas, mas os resultados vão depender da técnica utilizada no desenho e do tempo transcorrido

POR METRÓPOLES

Última atualização em 27/05/2022 17:23

Durante essa semana, chamou a atenção o caso de uma moça de 18 anos que teve o rosto tatuado à força pelo ex-namorado. Inconformado com o fim do relacionamento, ele escreveu o próprio nome na face dela enquanto a mantinha amarrada.

Moradora de uma cidade do interior de São Paulo, Tayane Caldas, de 18 anos, iniciou um processo para remover a tatuagem forçada após denunciar a violência a que foi submetida.

“O estigma dela não foi apenas emocional, ficou marcado na pele. Ainda bem que temos tecnologias que permitem a remoção segura de tatuagens definitivas, embora os resultados sejam variáveis”, afirma a dermatologista Amanda Quadrado, que tem consultório em Brasília.

Nesta sexta-feira (27/5), Tayane gravou um vídeo em suas redes sociais, dizendo se sentir livre por ter iniciado a retirada das marcas. Brutalidades como a que foi cometida contra ela são incomuns, mas uma situação corriqueira é o arrependimento após uma tatuagem mal feita ou um desenho que deixou de agradar.

Como se remove uma tatuagem?

Existem vários métodos para remover tatuagens, entre eles estão a abrasão da pele, a eletrocauterização, a crioterapia e os peelings. Mais antigas, essas técnicas quase sempre resultam em cicatrizes e manchas na pele.

Mais recentemente, técnicas a laser começaram a ser usadas com esse propósito e, segundo a dermatologista, são mais eficazes. “Existem diferentes tecnologias que podem ser utilizadas, como o Vektra QS e os lasers de picossegundos”, afirma Amanda Quadrado.

A remoção a laser consiste na aplicação de um feixe de luz concentrado que penetra na pele e destrói as camadas de tinta, eliminando o desenho. A depender da quantidade de tinta e cor, podem ser usados diferentes tipos de laser. Os procedimentos devem ser feitos por profissionais da área de saúde para diminuir os riscos de queimaduras ou lesões.

A técnica de remoção a laser é realizadz com anestesia local. Inicialmente é aplicado um creme anestésico e, após a infiltração dele na pele, o laser é utilizado. “Geralmente é um incômodo bem tolerável. A aplicação do laser em si é bem rápida e, após a anestesia, se torna indolor”, garante a dermatologista.

O pigmento preto é mais facilmente removido do que os coloridos. A idade da tatuagem é outro aspecto que influencia na remoção. Quanto mais antiga a tatuagem for, melhor, pois elas já começaram a ser expulsadas naturalmente pelo organismo.

Consequências e cuidados

Apesar da técnica ser possível, a médica diz que não há garantia de bons resultados. “Infelizmente não podemos garantir resultados excelentes, até porque as características de cada indivíduo também devem ser consideradas. Às vezes, pode permanecer algum resíduo do pigmento”.

Além disso, há possibilidade de ficarem manchas na pele, especialmente em pessoas negras ou que costumam ficar expostas ao sol. Por isso, durante o processo de remoção, a especialista recomenda que sejam reforçados cuidados como hidratação e uso de protetor solar com filtro de FPS mínimo 30.

“A pele fica mais sensível após o procedimento de remoção da tatuagem e podem ser necessárias algumas pomadas cicatrizantes e outros cuidados específicos que serão indicados pelo seu médico caso a caso”, completa.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img

Receba nossas notícias em seu email

Digite seu endereço de e-mail para assinar este blog e receber notificações de novas publicações por e-mail.

Junte-se a 6.092 outros assinantes

Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.