25.3 C
Rio Branco
7 agosto 2022 10:35 pm

“Mesmo em posição desigual, continuo firme”, diz Jéssica Sales sobre pré-candidatura e aliados

Deputada federal afirma nome continua posto e de sua boca nunca saiu declaração contrária

POR NANY DAMASCENO, DO CONTILNET

Última atualização em 21/07/2022 14:45

“Nunca disse que não seria candidata ao Senado”. A declaração foi dada pela pré-candidata do MDB, deputada federal Jéssica Sales, em conversa na manhã desta quinta-feira (21) com a reportagem do ContilNet.

Apesar de muitas especulações sobre uma possível desistência da candidatura majoritária, Jéssica segue com seu nome posto ao cargo de senadora e sem qualquer possibilidade de mudar isso.

Antes mesmo de ter sido diagnosticada com câncer de mama, em dezembro do ano passado, ela se colocou na condição de pré-candidata e de lá para cá não houve nenhum movimento contrário para mudar essa posição.

“Já faz oito meses que minha pré-candidatura foi colada, antes mesmo do diagnóstico estava rodando o estado, fiz muitas andanças, mas quis o destino e Deus que eu passasse por isso, mas de lá para cá, em nenhum momento houve uma declaração minha de que eu fosse desistir. Nunca falei isso e lhe digo, com toda franqueza, que meu nome está aí e graças a Deus continua nas cabeças das pesquisas”, disse.

Jéssica tem suas limitações como pré-candidata, teve que ir para São Paulo tratar o câncer. Passou por quimioterapias e a cirurgia para retirada dos dois seios e, mesmo curada, precisa finalizar o tratamento com radioterapia, o que torna sua disputa desigual, já que teve que interromper suas andanças nesse período de pré-campanha, como estão fazendo seus adversários.

“Eu agradeço muito a Deus e à população do nosso estado do Acre, pois mesmo em posição desigual a dos meus colegas que também são pré-candidatos ao Senado, que estão andando enquanto eu estou aqui fazendo meu tratamento, mesmo assim, eu continuei nas primeiras colocações nas pesquisas”.

É o resultado de todas as pesquisas até aqui que fazem Jéssica continuar na disputa: “Não tenho como transferir essa responsabilidade, até porque estou bem. Até este momento do meu tratamento e recuperação não tive nenhuma complicação”.

Apesar de uma boa recuperação, a pré-candidata entende que uma campanha para um cargo majoritário é mais exigente. “É uma candidatura impactante que exige muito mais a presença do candidato em todos os locais, mas eu sou pré-candidata, nunca disse que não seria e tenho muita fé em Deus que continuarei não sentindo nada e se Deus quiser, dia 13 de agosto estarei aí no Acre para disputar de forma igual. O martelo foi batido e a ponta do prego virada”, finalizou uma otimista Jéssica.

É PERMITIDA SUA REPRODUÇÃO PARCIAL COM O SITE CONTILNETNOTICIAS.COM.BR SENDO LINKADO E CITADO.

spot_imgspot_imgspot_imgspot_img
Opiniões emitidas em artigos e comentários são de responsabilidade exclusiva dos autores.