21 de fevereiro de 2024

“A gente precisa mudar a cara da feira”, diz Tchê, coordenador do novo Espaço Agro da ExpoAcre

Sobre o novo espaço, o secretário destacou que um novo nome está sendo alisando pela equipe

No evento de lançamento da ExpoAcre 2023, o secretário de Agricultura José Luis Tchê falou sobre o novo Espaço Agro, que estará na feira a partir desta edição. Ao ContilNet, o secretário e coordenador do espaço disse que já havia conversado com o governador Gladson Cameli para mudar “a cara” da feira.

“Primeiro quero agradecer ao governador a confiança depositada no nosso nome em nome da secretaria para cuidar do agro. A gente já vinha discutindo há um tempo com o governador Gladson Cameli, que a gente precisa mudar a cara da feira, que a gente precisa ter uma feira de negócios, uma feira de tecnologia”, disse.

“Hoje nós falamos em agricultura cinco ponto zero e a gente ainda está fazendo a mesma feira. Então esse aqui hoje da fazendinha ou da vitrine tecnológica ela é a plantação. E uma coisa interessante disso, não é o governo que está plantando, é os parceiros, as agropecuárias, a Embrapa, trabalhando junto e com a coordenação dos estagiários da Ufac. Isso é a primeira coisa, mas segundo atrás disso vem os negócios e atrás dos negócios vem tecnologia e e capacitação. Então é uma que a gente se preocupou muito esse ano de ter durante o dia muitas palestras, nós temos doze palestrantes renomados confirmados de fora do estado, nós temos vários cursos de capacitação porque nós entendemos que o Estado desenvolvido ele precisa ter mão de obra capacitada. Então esse é um primeiro passo para futuras ExpoAcre de negócios”, explicou.

Sobre o novo espaço, o secretário destacou que um novo nome está sendo alisando pela equipe. “Tem muito gente que fala em vitrine, mas a ‘vitrine tecnológica’ outros fala da ‘fazendinha’ enfim vamos decidir mas acho que vitrine tecnológica é bacana.”

Tchê falou ainda sobre as expectativas para o evento é a integração na comissão do evento. “As melhores possíveis, porque como eu disse, a gente vai fazer uma ExpoAcre do agricultura durante o dia, a gente vai movimentar as pessoas, vamos trazer pessoas do interior, vamos fazer curso de capacitação, melhores práticas para fazer um bom queijo, curso de tratorista, por exemplo, nós abrimos uma uma turma, já tem outra em andamento, enfim, tem tanta coisa boa. Então, a expectativa é muito grande que durante o dia a gente fazer a nossa parte da agricultura e de noite a gente aproveitar a ExpoAcre para ouvir um show, ou ir num bom restaurante, mas tem muita novidade aí.”

Ao ContilNet, Luis Tchê falou sobre o funcionamento do novo espaço ampliando na ExpoAcre e das novidades da secretaria, onde já teve o secretário revelou que em seis meses já dezesseis milhões de equipamento que já tá atendendo o pequeno produtor.

“Todo os cursos nosso de capacitação serão aqui, essa adesão, porque o interesse nosso é que as pessoas passem pela vitrine tecnológica que elas vejam o que o Acre já tá produzindo, o que que vamos produzir infelizmente tem culturas que a gente não não conseguiu colocar como a questão da soja que é estão passando pelo vazio.

Mas eu acredito que isso aqui vai acabar virando uma grande referência, o estado do Acre é o celeiro do país, as melhores terras do Brasil estão aqui, então o melhor clima que está aqui, água, luz… Então tenho certeza absoluta que o futuro da agricultura do estado que vai alavancar, nossa economia é através da agricultura, não tem outro sentido e o governador não mediu esforços para nos deixar da carta branca para que isso aconteça.

Então nós estamos fazendo muita coisa, tem muita novidade pela frente, nós recuperamos seis meses, dezesseis milhões de equipamento que já tá atendendo o pequeno produtor e a gente precisa atender o pequeno produtor, porque o grande ele toca a vida dele”, disse o secretário ao ContilNet.

PUBLICIDADE