Cantor Miguel Neto morre aos 55 anos na Fundação Hospitalar, em Rio Branco

Artista era reconhecido por todos os cidadãos de Sena Madureira

O cantor e músico Miguel Neto, natural de Sena Madureira, faleceu na manhã deste domingo, 7, aos 55 anos, na Fundação Hospitalar do Estado do Acre (Funhacre), onde foi entubado, após a realização de um exame de urgência na unidade hospitalar, em Rio Branco (AC).

Com uma trajetória musical que ultrapassa três décadas, Miguel Neto era uma figura icônica em Sena Madureira, sua cidade natal. Ele era reconhecido por sua voz marcante e talento singular. Miguel Neto era conhecido por suas performances ao lado dos cantores Jota Alves e Dean Matos, formando um trio musical que marcou época no município.

O artista recebeu a visita do hospital dos ex-colegas da banda Garotos do Som,  Zezinho Pinheiro, Reis e o Dean Matos.

Miguel Neto foi responsável pelas grandes noites de música em Sena Madureira/Foto: arquivo

Amigos e admiradores do cantor prestam homenagens nas redes sociais, compartilhando memórias de suas apresentações memoráveis e expressando profundo pesar pela perda. A família do cantor ainda não divulgou informações sobre o velório e sepultamento.

“Miguel foi um dos artistas que mais animou festas em Sena Madureira. Cantou por muitos anos nos bares de Rio Branco.  Era um homem simples, humilde e muito querido pelos amigos. Todos nós estamos muito tristes com a partida prematura desse ilustre senamadureirense”, afirmou a jornalista Wania Pinheiro

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost