21 de abril de 2024

Tratamentos com exossomos prometem revolucionar a dermatologia

A dermatologista e tricologista Mariana Lorenzoni explica quais são os benefícios dos exossomos para pele e cabelo

Constantemente, a dermatologia avança com novos procedimentos que surgem no mercado. Em meio a inúmeros tratamentos dermatológicos, o uso de exossomos se mostra como uma aposta promissora.

Como o tratamento têm despertado muito interesse devido ao poder regenerativo para a pele e para o cabelo, a renomada dermatologista e tricologista Mariana Lorenzoni Rocha explica o que é e quais são os seus benefícios.

“Os exossomos são vesículas extracelulares produzidas pelas células-tronco. Os exossomos transportam informações genéticas e proteínas para as células do corpo e criam caminhos para a comunicação entre elas. Trabalham como um mensageiro”, ensina a médica.

Exossomos estão sendo usados em tratamentos dermatológicos

Benefícios dos tratamentos com exossomos

Os benefícios dessas pequenas partículas são as propriedades regenerativas e de comunicação intercelular, que, de acordo com Mariana, são cruciais para levar a informação que gostaríamos que as células replicassem para as outras, como uma pele íntegra, sem fotodano e com mais fibras de colágeno.

Como as pesquisas mostram resultados promissores ao utilizar exossomos em tratamentos dermatológicos, essa abordagem tem ganhado destaque, e se sobressaído em relação aos métodos convencionais de regeneração e reparo.

“Acredito que os exossomos fazem parte dos primeiros que irão revolucionar a medicina e os tratamentos médicos, pois por meio de sinalizadores celulares, iremos reduzir o envelhecimento, melhorar nosso material genético e, desta forma rejuvenescer as nossas células, evitando excessos de preenchedores e intervenções”, enfatiza.

“O futuro promete um envelhecimento natural e harmônico, especialmente para quem busca o cuidado com a mente, se preocupa com o que ingere, tem uma rotina de skincare associada ao protetor solar, mantém uma rotina de cuidados faciais com tecnologias e realiza procedimentos estéticos bem orientado”, destaca a dermatologista.

Avanços no cuidado com a pele

O uso de exossomos na dermatologia proporciona avanços significativos no cuidado com a pele, mas os benefícios dessas vesículas extracelulares ainda estão sendo descobertos.

“No Brasil, a Anvisa apenas permite a aplicação dos exossomos de forma tópica. Quando associamos tecnologias, aumentamos a penetração dos exossomos nos tecidos, seja por meio de aquecimento do tecido ou criando pertuitos (micro canais) para facilitar a penetração”, salienta Mariana.

De acordo com a expert, como os exossomos são uma descoberta recente e ainda estão sendo criados protocolos para os tratamentos na clínica médica. Ela ressalta, porém, que o tratamento tem aderência no mundo todo, seja na estética, seja no tratamento de feridas e psoríase.

Apesar dos exossomos auxiliarem em diversos tratamentos, Mariana finaliza ressaltando a importância de procurar um profissional capacitado que forneça um atendimento único e que analise as necessidades individuais de cada pessoa.

“Se o paciente não possui folículos para serem estimulados, a atuação dos exossomos não trará resultados, assim como nenhum outro tratamento que não seja o transplante capilar”, exemplifica a médica, que preza por atendimentos e cuidados personalizados.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost