21 de abril de 2024

Acre já registrou dois casos de feminicídio em 2024; 20% do total do ano passado

O feminicídio deixou 19 pessoas órfãs em 2023. O Observatório mostra que apenas 20% das vítimas não tinha filhos

O Observatório de Violência de Gênero do Ministério Público do Acre já registrou 2 casos de feminicídio no estado só nos dois primeiros meses de 2024.

O número já representa 20% do total de 2023, quando o Acre registrou 10 vítimas de feminicídio do ano.

Observatório de Violência de Gênero do Ministério Público do Acre/Reprodução

Desses 10 casos, 9 ainda estão com o processo em andamento e 3 com sentenças já definidas. Porém, nenhum dos 10 casos ainda tiveram condenações publicadas.

Além disso, os casos concentram mais nos municípios do interior do estado. Por lá, dos 10 casos registrados em 2023, 60% foram registrados. Outros 40% ocorreram na capital Rio Branco.

O Observatório também analisou o perfil das vítimas de feminicídio. Do total, 80% eram da cor/etnia parda ou preta. Apenas 20% das vítimas eram mulheres brancas.

Entre as vítimas, a maior faixa etária era de 30 a 34 anos. Mulheres de 15 a 19 também figuram entre as maiores vítimas de 2023.

Além disso, o feminicídio deixou 19 pessoas órfãs em 2023. O Observatório mostra que apenas 20% das vítimas não tinha filhos.

Você pode acessar o Feminicidômetro do MPAC clicando AQUI.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost