21 de abril de 2024

Após quatro anos, Justiça decide levar a júri popular acusado de matar pastor no Acre

O crime aconteceu em março de 2020

Antônio Eliel de Souza Gomes, acusado pelo assassinato do pastor Mariceudo Belém da Silva, será levado a júri popular no Acre. A justiça decidiu levar o acusado a juri popular após quase quatro anos do crime. O pastor teve as mãos e pés amarrados e teve o corpo achado pela mulher dentro de uma igreja, no bairro Belo Jardim, em março de 2020.

O acusado será levado a juri popular/Foto: Reprodução

A informação foi divulgada pla reportagem da TV 5 na manhã desta quarta-feira (13). Segundo informações, o acusado chegou a ser denunciado pela morte do pastor, mas a Vara do Tribunal do Júri entendeu que as provas não eram suficientes para levar o homem ao júri popular.

O promotor de justiça Carlos Pescador recorreu da sentença na Câmara Criminal do Tribunal de Justiça do Acre e o relator do processo, desembargador Francisco Djalma acatou o recurso do Ministério Público do Acre (MPAC).

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost