20 de abril de 2024

Bocalom vai a Brasília garantir emendas para construir novo terminal urbano, usina e mais

Confira detalhes exclusivos das obras prioritárias da gestão Bocalom, na coluna Pimenta no Reino, do jornalista Matheus Mello

Com o fim do Carnaval, os parlamentares da Bancada Federal do Acre começam a definir os projetos prioritários para destinar recursos de emendas individuais e de bancadas. O prefeito Tião Bocalom não perdeu tempo e correu para Brasília na tentativa de buscar dinheiro para tirar projetos audaciosos do papel. É o caso de mais um viaduto em Rio Branco, desta vez na rotatória do Horto Florestal, na Avenida Antônio da Rocha Viana. Para esse projeto, o prefeito já garantiu uma emenda do senador Marcio Bittar. Mas o Velho Boca não deve parar por aí. Em entrevista à coluna, o secretário de Infraestrutura, Cid Ferreira, responsável por tocar essas obras, explicou que a Prefeitura tem outros projetos no radar que precisam de emendas para serem tocados.

Bocalom esteve em Brasília com a bancada federal/Foto: Ascom

“Os parlamentares estão colocando emendas para algumas atividades de várias Prefeituras, nós estamos aqui em Brasília justamente buscando esse apoio”, disse.

Canteiro de obras

A Prefeitura de Rio Branco quer deixar a capital um verdadeiro canteiro de obras. Bocalom e Cid querem emendas parlamentares para realizar a construção de um novo Terminal Urbano, uma Usina Fotovoltaica e um Parque para Crianças.

Mais para 2024

Além disso, já há a licitação do Mercado Elias Mansour, localizado no bairro Cadeia Velha e a revitalização do Calçadão da Benjamin Constant, próximo ao Aquiri Shopping.

Propostas milionárias

Em uma reunião ainda no ano passado, foram apresentadas propostas do governo do Estado para as prioridades das emendas parlamentares, no total de R$ 347 milhões. A prefeitura de Rio Branco também enviou seus projetos que contemplam diversas áreas no valor de R$ 230 milhões.

Dinheiro a rodo!

O Acre tem 8 deputados federais e 3 senadores. Cada deputado indica R$ 32,1 milhões e cada senador R$ 59 milhões – total de R$ 433,8 milhões – em emendas individuais por ano.

Conta cheia

Para 2024, somados aos R$ 284,8 milhões em emenda de bancada, que os parlamentares indicam coletivamente, são R$ 718,6 milhões em recursos injetados, anualmente, nas gestões do estado e dos municípios.

Rodando os gabinetes

Com tanto dinheiro disponível, o prefeito Tião Bocalom não foi o único visto pelos corredores da Câmara dos Deputados nesta semana. A prefeita de Senador Guiomard, Rosana Nascimento, também teve reuniões com parlamentares, entre elas, Socorro Neri.

Gladson também ouvindo

O governador Gladson Cameli também recebeu prefeitos nesta semana. O chefe do Poder Executivo teve reuniões com os prefeitos Camilo Silva (Plácido de Castro), Tamir de Sá (Santa Rosa do Purus) e Raimundo Toscano (Manoel Urbano). Fontes dizem que as eleições municipais deste ano foi a pauta.

Trocas de apoio

O deputado federal Zezinho Barbary, do Progressistas, partido do governador Gladson Cameli, vai apoiar o prefeito Valdelio Furtado, de Marechal Thaumaturgo, para a reeleição neste ano. O prefeito é do PSD, partido de Sérgio Petecão. Começamos a ver uma troca de apoios entre PP e PSD?

Bancada junta

A Bancada Federal do Acre começou a semana tendo uma reunião com o ministro dos Transportes, Silvio Costa Filho e com representantes da Vinci AirPort, empresa que cuida dos aeroportos do estado. Entre os parlamentares estavam: os senadores Sérgio Petecão e Alan Rick, os deputados federais Socorro Neri, Zezinho Barbary, Meire Serafim, Roberto Duarte, Gerlen Diniz e Fábio Rueda. Além dos deputados estaduais Eduardo Ribeiro, Pablo Bregense e o presidente da Aleac, Luiz Gonzaga. A reunião também teve a presença dos prefeitos Tião Bocalom e Mazinho Serafim.

E o que foi discutido?

Entre as pautas debatidas: Subsídio para o querosene da aviação na região, utilizando o Fundo Nacional de Aviação Civil; Instalação de ILS no Aeroporto de Cruzeiro do Sul para segurança de voos noturnos; Qualificar o Aeroporto de Rio Branco para internacional, visando voos de países vizinhos; Construção de aeródromo em Sena Madureira; Qualificação dos aeródromos de Tarauacá e Marechal Thaumaturgo.

Raro de ser ver

Uma coisa rara nesta legislatura aconteceu: os três senadores do Acre votaram juntos, de forma unânime, em um projeto no Senado Federal: o que acaba com as saidinhas de detentos em datas especiais. Com Petecão na base de Lula e Alan e Bittar alinhados ao Bolsonarismo, os três parlamentares vinham discordando de matérias importantes que foram apreciadas no plenário.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost