21 de abril de 2024

Como ataques hackers a produtoras de games afetam o mercado e jogadores?

Os casos acima estão mais relacionados às produtoras e não afetam os jogadores diretamente

(Fonte: Getty Images/Reprodução)

O mercado de games é um dos mais influentes no segmento de entretenimento, atraindo a atenção não apenas de gamers e investidores, mas também de cibercriminosos. Uma prova disso é que, nos últimos anos, ouvimos alguns casos envolvendo ataques de hackers em produtoras de jogos.

Porém, se lá na década de 2010 tínhamos informações de pessoas que atacavam empresas como Sony e Microsoft, em tempos recentes essas ações passaram a abranger também estúdios como a Insomniac, Rockstar Games e a Ubisoft.

Sequestrando dados valiosos

O ano de 2023 foi marcado por grandes jogos, mas também ganhou destaque na mídia por conta dos ataques sofridos por algumas empresas famosos. De todos, o mais emblemático foi o da Insomniac Games.

Realizado em dezembro do ano passado, esse ataque envolveu a divulgação de diversos dados que ainda não eram de conhecimento público. Segundo informações encontradas na rede, o grupo Rhysidia conseguiu colocar as mãos em cerca de 1,3 milhão de arquivos com aproximadamente 1,6 TB de dados.

O site CyberDaily informa que os hackers se aproveitaram de brechas nos sistemas de segurança da produtora para obter informações privilegiadas. Neste pacote, pudemos encontrar conteúdos diversos sobre o game estrelado por Wolverine, ainda em desenvolvimento, além da revelação de outros projetos.

Outro caso bastante comentado foi o de Grand Theft Auto 6. O game teve diversos dados divulgados ainda em 2022, o que gerou uma discussão na comunidade referente a questões envolvendo cibersegurança.

Vale lembrar que, além da Insomniac e de GTA 6, a Ubisoft também sofreu uma tentativa de ataque no final de 2022. O hacker responsável pela ação ficou cerca de 48 horas dentro do sistema da produtora francesa, mas não conseguiu por suas mãos em nada muito importante.

Atacando uma comunidade 

Os casos acima estão mais relacionados às produtoras e não afetam os jogadores diretamente. Porém, em situações como a ocorrida com a Sony em 2023, os criminosos abrem portas que permitem o acesso a informações pessoais e números de cartão de crédito, deixando o caso mais delicado.

Para não se tornar mais uma vítima de ataques feitos por hackers, é importante se prevenir com algumas ações. As principais estão na sequência:

  • Mantenha seu software atualizado: sempre atualize sistemas operacionais, aplicativos, antivírus e firewalls. Dessa forma, você dificulta ainda mais a ação de um hacker;
  • Use senhas fortese únicas: senhas complexas também são excelentes quando se fala em cibersegurança. Quer proteger bem a sua conta da PSN, Xbox Live ou do Steam? Crie uma senha forte e única para cada serviço;
  • Utilize software de segurança confiável: instale e mantenha atualizado um software antivírus/antimalware confiável em seus dispositivos, como o Kaspersky.
PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost