20 de abril de 2024

Governadores de outros estados manifestam apoio ao Acre em meio às cheias dos rios

Helder Barbalho, governador do Estado do Pará, declarou: “Amigo Gladson, conte com o Pará para o que precisar aí diante das enchentes”

O Acre, por meio do governador Gladson Cameli, tem recebido manifestações de apoio de governadores de todo o Brasil, por meio de canais de comunicação privados. Os governadores demonstram solidariedade e ofereceram ajuda para enfrentar os desafios da inundação do Rio Acre.

O governador do Pará, Helder Barbalho, declarou apoio ao Acre. “Amigo Gladson, conte com o Pará para o que precisar aí diante das enchentes”.

Brasileia já está em estado de emergência/Foto: Reprodução

Já o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, disse: “Governador Gladson, fiquei sabendo agora das enchentes no seu estado pela postagem do Helder. Me coloco à disposição para o que precisar”. Fátima Bezerra, governadora do Rio Grande do Norte, expressou: “Governador Gladson, o Rio Grande do Norte é solidário e à disposição, amigo, para ajudar no que for possível”. Clécio Luis, governador do Estado do Amapá, reforçou: “Amigo, conte com o Amapá”.

Neste momento, o Acre recebe o suporte de diferentes regiões e mostra a união nacional diante de adversidades.

SAIBA MAIS: Gladson decreta situação de emergência em 17 municípios por conta das enchentes no Acre

O governador Cameli, ciente da gravidade da situação, decretou estado de emergência em 17 cidades do Acre, com validade de 180 dias. O ministro do Desenvolvimento Regional, Waldez Góes, e a ministra da Saúde, Nísia Trindade, ofereceram apoio e planejam uma visita para acompanhar de perto as enchentes e organizar ações em breve.

Os municípios mais críticos incluem Assis Brasil, Brasileia, Cruzeiro do Sul, Epitaciolândia, Jordão, Rio Branco, Santa Rosa do Purus, Tarauacá e Xapuri.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost