13 de abril de 2024

Cardiologista revela quantos ovos podem ser consumidos por dia

Especialista indicou quantos ovos podem ser consumidos por dia e se eles podem ser prejudiciais ao colesterol

Os ovos foram considerados vilões do colesterol durante anos, mas estudos recentes demonstram que o alimento não precisa ser cortado da dieta. Além disso, eles são ricos em proteínas e outros nutrientes e minerais altamente vantajosos à saúde.

De acordo com o site Today, pesquisadores analisaram pessoas que comeram 12 ovos fortificados por semana e perceberam que elas tiveram níveis de colesterol semelhantes àqueles que seguiram uma dieta sem esse alimento.

A pesquisa envolveu 140 pessoas com doenças cardíacas ou com alto risco de contrair doenças cardíacas. Algumas delas foram escolhidas para comer uma dúzia ou mais de ovos por semana e outras para consumirem menos de dois.

O estudo será apresentado na Sessão Científica Anual do American College of Cardiology, em 6 de abril. A médica Nina Nouhravesh, autora principal da análise, disse ao site Today que eles acompanharam as pessoas durante quatro meses e não encontraram riscos para saúde cardiovascular nas pessoas que comiam ovos todos os dias.

“O consumo de 12 ovos fortificados por semana não teve impacto negativo no colesterol ”, disse Nouhravesh.

Além disso, os resultados mostraram alguns benefícios para as pessoas que comiam ovos. De acordo com a pesquisadora, a resistência à insulina aumentou e pessoas com mais de 65 anos que comeram ovos apresentaram aumento do colesterol bom e redução do colesterol ruim.

Os participantes da pesquisa comeram ovos fortificados, uma opção com mais ácidos gordos ômega 3, iodo e vitaminas D, B e E, e menos gordura saturada do que os ovos normais. A pesquisadora afirma que esses ovos se tornam melhores pelo tipo de ração que as galinhas recebem e são encontrados facilmente nos mercados. Eles, porém, costumam ser mais caros que os comuns.

Um estudo de 2019 também mostrou que comer ovos está associado a um menor risco de ataque cardíaco. “Os ovos não são os vilões. Os ovos são uma fonte saudável de proteínas e nutrientes, e você pode apreciá-los com moderação”, ressaltou O’Keefe, diretor de cardiologia preventiva do Saint Luke’s Mid America Heart Institute em Kansas City, ao Today.

O ovo também está associado ao bom funcionamento do fígado, do cérebro e, por ser uma ótima fonte de proteína, dos músculos. “Comer mais proteína também é importante porque as pessoas perdem massa muscular com o envelhecimento – e os ovos são uma forma prática e barata de aumentar a proteína na dieta”, destacou O’Keefe.

Quantos ovos comer por dia?

Apesar dos estudos mostrarem que os ovos são benéficos para a saúde, é importante estar atento à quantidade consumida diariamente.

Segundo O’Keefe, é razoável comer dois ovos por dia, seis dias por semana. “Eu pessoalmente adoro ovos e provavelmente como pelo menos 14 ovos por semana, mas jogo fora pelo menos metade das gemas, porque é onde está todo o colesterol”, observa.

A pessoas com colesterol alto, a expert indica evitar as gemas e optar por ovos fortificados com ômega-3 um nutriente importante para a saúde cardiovascular. “Se você tem diabetes ou doença cardíaca, eu limitaria cinco gemas por semana, mas você pode comer todas as claras que quiser. Elas são completamente neutras”, disse.

Cesta com ovos escuros - Metrópoles

O ovo é uma fonte completa de proteína – metrópoles

Além disso, ele tranquilizou as pessoas acerca da proteína. Mesmo com a preferência de O’Keefe de não comer as gemas, o estudo incentivou os pacientes a comerem o ovo inteiro e não teve efeitos adversos nas pessoas que comeram 12 ovos fortificados por semana.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost