28 de maio de 2024

Em sigilo, Mauro Cid passa a tarde na PF para 2 procedimentos

Preso desde 22 de março, o tenente-coronel Mauro Cid passou a tarde desta terça-feira (9/4) na sede da Polícia Federal, em Brasília

 

Preso desde 22 de março por ordem do ministro do STF Alexandre de Moraes, o tenente-coronel Mauro Cid passou a tarde desta terça-feira (9/4) na sede da Polícia Federal, na região central de Brasília.

O ex-ajudante de ordens de Jair Bolsonaro deixou o Batalhão de Polícia do Exército, onde está preso, no início da tarde sob forte esquema de segurança e só retornou ao local no início da noite.

Segundo fontes da PF, Cid esteve na sede da corporação para duas coisas: 1) assinar a degravação de seus depoimentos anteriores e 2) prestar novo depoimento esclarecendo dúvidas do delegado.

Em março, o militar chegou a criticar, em áudio divulgado pela revista Veja, o que chamou de “narrativas” da PF sobre seus depoimentos. A gravação acabou levando Moraes a determinar nova prisão de Cid.

 

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost