26 de maio de 2024

Príncipe Andrew quase atropela cachorro, e cena repercute mundialmente

Enquanto o príncipe descia a Long Walk na propriedade de Windsor dirigindo uma Range Rover, um cachorro preto passou em frente ao veículo

Uma cena envolvendo o príncipe Andrew repercutiu mundialmente no último sábado (6/4). Enquanto o membro da família real descia a Long Walk na propriedade de Windsor dirigindo uma Range Rover, um cachorro preto passou em frente ao veículo e quase foi atropelado, o que fez com que o duque de York pisasse no freio abruptamente.

Acredita-se que Andrew não tinha visto o animal, e foi seu guarda-costas quem teria apontado as reações das pessoas que estavam por perto e falado para o príncipe parar o carro. Felizmente, o veículo freou a tempo, e o dono do cachorro, envergonhado, surgiu para buscar o pet. O duque, no entanto, encarou todo o episódio com bom humor.

Segundo o The Mirror, uma testemunha que estava por perto teria dito que, devido à trégua da chuva, havia muita gente no parque quando aconteceu a situação envolvendo o cão. “A Long Walk estava lotada de pessoas aproveitando o clima quente”, relatou. “O guarda-costas de Andrew viu as pessoas acenando freneticamente bem na hora certa. Todos riram quando viram quem estava dirigindo a Range Rover”, pontuou.

Príncipe Andrew

Getty Images

Já outra fonte confirmou ao The Sun que Andrew achou o ocorrido divertido, embora ele enfrente um momento difícil com o lançamento do novo filme da Netflix, Scoop. A obra é baseada em sua entrevista à BBC Newsnight, quando ele conversou com Emily Maitlis. A motivação do duque ao aceitar o bate-papo foi defender sua reputação.

O príncipe Andrew falou em detalhes pela primeira vez sobre sua amizade com Jeffrey Epstein e negou as alegações feitas por uma mulher de que ela foi forçada a uma relação sexual com o duque. A entrevista, entretanto, apenas agravou o escândalo público. Agora, foi transformada em um filme para a Netflix, estrelado por Billie Piper, Gillian Anderson e Rufus Sewell.

Virginia Giuffre, anteriormente conhecida como Virginia Roberts, afirmou que foi obrigada a fazer sexo com Andrew quando tinha 17 anos. Ela é uma das 16 mulheres que revelam ter sido abusada por Epstein.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost