11 de junho de 2024

Com queda de quase 30%, Acre tem menor taxa de desmatamento desde 2019, diz Inpe

Os dados do levantamento têm precisão estimada de 95%

O Acre registrou uma redução de 28% na área desmatada em 2023 em comparação com o ano anterior, marcando a maior queda na taxa de desmatamento desde 2019. A redução coloca o Acre 23% abaixo da meta de redução do desmatamento estabelecida no Plano Estadual de Prevenção e Controle de Desmatamento e Queimadas (PPCDQ-AC), que era de 783 km² em 2023.

Em abril deste ano, o Acre registrou uma redução de 64% nos alertas de desmatamento em comparação com o mesmo período de 2023/Foto: Alexandre Cruz-Noronha/Sema

Os dados consolidados foram analisados pela Secretaria do Meio Ambiente (Sema) por meio do Centro Integrado de Geoprocessamento Ambiental (Cigma), com base em levantamento realizado pelo Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), que interpretou 100% da área coberta pela Amazônia.

Redução de 64% nos alertas de desmatamento em abril

Em abril deste ano, o Acre registrou uma redução de 64% nos alertas de desmatamento em comparação com o mesmo período de 2023. 

Os dados, também mapeados pelo Cigma, foram baseados em levantamento do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). De 1 a 30 de abril de 2024, o Acre teve alertas de desmatamento em uma área de 2,61 km², enquanto no mesmo mês de 2023 foram registrados 7,18 km².

Redução nas taxas de desmatamento de 2019 a 2023

  • 2019 – 682 km2;
  • 2020 – 706 km2;
  • 2021 – 889 km2;
  • 2022 – 840 km2;
  • 2023 – 601 km2.

Em 2022, o desmatamento foi de 840 km², enquanto em 2023 foram registrados 601 km². A redução equivale a 33,4 mil campos de futebol, utilizando a medida oficial da Fifa. Os dados do Projeto de Monitoramento do Desmatamento na Amazônia Legal por Satélite (Prodes) do Inpe têm precisão estimada de 95%.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost