“Essa guerra não vai ter fim”, diz jovem chamado de “corno” em faixa

Faixa com aviso inusitado foi instalada em passarela do Pistão Sul, no DF. Lucas Alves confirmou ser destinatário da mensagem

O empresário citado em uma faixa inusitada instalada em uma passarela do Pistão Sul, em Taguatinga, explicou que a mensagem não passou de uma brincadeira entre amigos. O banner traz a mensagem “avisem ao Lucas que ele é corno” e um número de telefone.

“Meus amigos e eu estamos há cerca de um mês pregando peças um no outro. Desta vez, eles que decidiram me zoar com essa faixa. E disseram que ainda vão instalar umas outras 20, em diferentes pontos da cidade”, contou Lucas Alves, de 27 anos ao Metrópoles. O jovem ressaltou que não é “corno”.

A faixa foi colocada na passarela nas primeiras horas desta segunda-feira (24/6) e, até o momento, rendeu inúmeras ligações telefônicas e mensagens para o empresário.

Isadora Teixeira/Metrópoles

“Essa guerra não vai ter fim, mas a gente leva na brincadeira. Minha revanche também está paga. Eu contratei um serviço de tráfego pago com uma zoeira contra eles que vai aparecer na cidade toda”, adiantou.

O jovem acrescentou que os amigos fizeram pegadinhas anteriormente uns contra os outros. Elas incluíram pneus de carro furados, óleo em maçanetas de veículos e até bancos de automóveis cheios de lixo.

Faixas irregulares

Vale lembrar, no entanto, que a colocação desses tipos de faixas em locais públicos é proibida pelas leis distritais nº 3.035 e 3.036, ambas de 2002.

As normas estabelecem que qualquer meio de propaganda fixo em vias ou logradouros públicos e sem autorização da respectiva administração regional é considerado irregular.

O motivo tem relação com poluição visual e riscos ambientais, devido à possibilidade de chuvas carregarem as faixas para as redes de drenagem pluvial.

Além de precisar recolher o item, o infrator pode receber multa de R$ 733 a R$ 2.199, a depender do tamanho da faixa e do local onde foi colocada.

PUBLICIDADE
logo-contil-1.png

Anuncie (Publicidade)

© 2023 ContilNet Notícias – Todos os direitos reservados. Desenvolvido e hospedado por TupaHost